terça-feira, 25 de março de 2014

Nem tudo que reluz é ouro...

Alguns insetos são atraídos pela luz da 

lâmpada e pelo seu calor, mas essa atração 


os impedem de 


 enxergar aquilo que os atrai deixando- se 


confundirem. Muitas vezes acabam morrendo


e assim são


 os humanos, são atraídos pelo que eles 


acham serem coisas boas no entanto estão 


cegos.  



Quantas vezes não enxergamos 


determinados perigos


porque estamos simplesmente encantados 


por uma 


luz que parece verdadeira e é apenas 


artificial, brilha por fora apenas. Ao contornar 


a luz 


repetidamente ficamos confusos e não 


conseguimos enxergar o que está logo na 


nossa frente pois 


somos acometidos de uma cegueira 


espiritual...nem tudo que reluz é ouro...já se 


diz o velho ditado 


popular...(Simone Prado)




segunda-feira, 3 de março de 2014

JOIA RARA

Com o passar do tempo aprendi  a me levantar sempre,
uma questão de sobrevivência.
Força?
Acho que não, talvez uma estratégia para não voltar ao fundo do poço,
onde sei que é tão penoso sair.
Aprendi a engolir meu choro,
a colocar uma couraça em meu coração,
falando pra ele: Calma, não se abate não.
Ainda que as teimosas lágrimas tentem cair e até consigam pela minha face escorrer,
a cabeça tá erguida pra não se abater.
O respirar fundo e dizer: mais uma vez, só mais uma vez...
Sacudir a poeira dos pés, olhar para frente, e pensar...lá vamos nós de novo.
Nunca perdendo o meu sorriso, mesmo que a alma esteja destroçada,
mas a força que emana do meu interior em saber que só recebe uma joia preciosa,
quem tem a sensibilidade de apreciar o seu valor.
(Simone Prado)