domingo, 6 de outubro de 2013

SEM PALAVRAS E RIMAS...

Mais uma vez aqui parei, os meus pés finquei sem ir a nehum lugar.
Sem palavras de rimas, sem poesia que venha do meu interior fluir.
Quando é assim,  é hora de parar de criar, sem fonte a jorrar de dentro de mim.
Só enfado, cansaço de minha alma, que não se precisa divulgar.
 É HORA DE NOVAMENTE O BLOG PARAR.
(Simone Prado)