domingo, 30 de junho de 2013

Havia um porto...



                                                                               O porto de Colliure (imagem)

Havia um porto que parecia seguro,
atracava barcos vindo do litoral,
vinha também a maresia
com aquele cheiro de sal.

Havia um porto,
um porto havia,
onde os viajantes desciam
e rumavam cada qual em uma direção.

Tomavam seus destinos,
uns chegavam e outros não.
Havia um porto.

Um belo dia, que não era  tão belo assim,
não havia mais um porto,
apenas um vale inseguro,
um pântano obscuro,
que não mais barcos chegavam,
nem viajantes haviam.

Havia um horizonte sem fim,
que não se podia vizualizar,
apenas recordar,
de quando se podia olhar.
(Simone Prado)

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Queridos amigos e seguidores

Estou de volta após  um bom tempo com problemas na net, parece que agora foi resolvido, porém o serviço é bem ruim.  Isso me faz pensar como quase tudo no Brasil a qualidade é péssima ou quase isso. Tantas manifestações porque o brasileiro realmente está cansado de tantas coisas e não há paciência tão duradoura...mas enfim....vamos vivendo....vamos levando....e vamos revindicando nossos direitos....que bom estar de volta no meu jardim.....(Simone Prado)