quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Silêncio das noites findas....

Hoje vim falar do silêncio,
silêncio das noites findas,
silêncio da alma,
das necessidades  também fisicas.

Hoje vim falar do silêncio,
palavras que não são necessárias,
das bocas se se calam,
no silêncio mudo que mergulha no profundo.

No olhar que pede socorro,
mudo!

Hoje vim falar do silêncio de Deus,
das repostas que esperamos,
que nos causam ansiedades,
mas no tempo certo trazem verdades,
do que os olhos não querem ver.

Hoje vim falar do SILÊNCIO,
da dor interna que acelera o peito,
tentando responder.

Hoje vim falar de mim,
que tampa os ouvidos,
num gemido inexprimivel de luta interior,
de existencia, de uma certa demencia,
da voz que se apagou.


(Simone Prado)



NÃO sei estou de volta ou foi apenas a necessidade do silêncio mudo que se fala.
NÃO sei se no meu silêncio vou romper em poesia....NÃO SEI....não sei...

8 comentários:

  1. Lindo te ler e ver romper o silêncio por aqui! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Quem te dá as boas vindas!
    Aquele que por ti eperou
    Do silêncio das noites findas!
    Simone Prado acordou!

    Deixa para lá o passado
    Em silêncio não fiques
    Esquece Simone Prado
    Do passado coisas tristes.

    As flores estão sorrindo
    Simone Prado voltou
    As plantas no jardim flrorindo
    As boas vindas eu te dou!

    Um beijo e boa tarde para ti
    amiga Simone Prado.
    Eduardo.
    PS: Lindo muito lindo
    o teu novo perfil
    Quero ver um sorriso
    Nesse rosto tão gentil!

    ResponderExcluir
  3. Muita vezes precisamos romper o silêncio para falar o que nos vai na alma e assim diminuir a angústia que deseja nos acompanhar. Creio que nestes momentos devemos acreditar que amanhã será um novo dia eque tudo será melhor. Quando acreditamos em melhores dias atraímos para nós situações melhores. A esperança verdadeira ajuda muito a caminharmos em direção a momentos felizes.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá minha querida como estás?
    Que gosto imenso que tenhas rompido o silêncio e vindo até nós!!!!
    Um beijo amiga
    anacosta

    ResponderExcluir
  5. Olá amiga, fico muito feliz quando vc passa por aqui, eu acho que muitas vezes o silencio é sinal de sabedoria, tem palavras que é melhor silenciar! Bjinhossss

    ResponderExcluir
  6. Ficamos felizes por este seu intervalo, mesmo que seja momentâneo, no silêncio. O mundo precisa das palavras dos poetas, ainda que nem sempre estas sejam doces e alegres. Votos de que a esperança volte a encher-lhe o peito e a inspirar-lhe a escrita.
    Beijinho, um doce restinho de semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  7. Olá! Como já dizia o filósofo, "o silêncio fala mais do que mil palavras". Divina poesia Srta, um forte abraço

    ResponderExcluir
  8. Há dias em que resolvo fazer um passeio e, ao encontrar um lugar agradável, permaneço mais tempo, aprecio e aí decido se devo voltar. Assim, foi agora, Simone: entrei em seu jardim, li sua poesia, gostei e afirmo que hei de voltar...Um beijo, da Lúcia

    ResponderExcluir