quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Sem intenção

Você foi assim sem intenção pra mim,
não havia pretenção, vai entender meu coração.
Foi sem querer, resolvi conhecer você,
foi você quem insistiu, nem pude entender.
Foi tudo meio inconsequente,
nada demais conhecer mais gente,
foi também assim que rolou o primeiro beijo,
nele não havia nenhum desejo, foi apenas um ficar.
Mas de repente tudo se transformou,
o que não era nada agora é amor e assim meio perdida estou.
Não sei como agir, jamais imaginaria você pra mim e não sei como pensar.
A mente não é racional, apenas sinto falta do seu olhar.
A forma que me abraça, quantas vezes é tão profundo que me deixa meio sem graça a intensidade do seu querer.
Eu tentei me negar a você!
Agora veja o que aconteceu, seu coração se colou ao meu e sabemos não haver amanhã,
somente o hoje nos foi destinado, momentos assim meio roubados de uma paixão profunda e cheia de emoção.
Quantas vezes tentamos partir e nos dizer NÃO. Mas quando se aproxima, não tem coerencia os pensamentos anteriores, fecho os olhos e deixo acontecer.(Simone Prado)


8 comentários:

  1. Essas paixões assim, sem pretensões só nos fazem BEM... Lindo!
    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Simone querida!
    Parabéns por seu poetar lindo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Quando ocorrem estas paixões, fica difícil se desligar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Eu estava com saudade de ler seus lindos versos.

    ResponderExcluir
  5. eita amiga, é vero esse amor? rsrs tomara, e o amanhã a Deus pertence, o importante é ser feliz agora! Bjinhosss

    ResponderExcluir
  6. Dizes tu sem intenção
    Teu coração está triste
    Não pensa assim não
    Porque o amor existe.

    Não precisas procurar
    Ele irá ter contigo
    É preciso com paciência esperar
    Não desistas, pensa positivo!

    Porque pensas tu assim
    Volta, não te esqueças
    As portas do meu jardim
    Para entrares estão abertas!

    Boa tarde e um beijo
    para ti amiga Simone Prado.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  7. Olá minha amiga!
    Pela grande qualidade da tua escrita sinto muita falta dela!!!!
    Felizmente temos mais um lindo poema para nos deliciar-mos!!!!
    beijo amiga
    anacosta

    ResponderExcluir
  8. Amiga Simone, lendo este poema lembrei de uma prima, quando na nossa juventude dizia que o coração não quer saber da razão, mas no fundo é melhor mesmo não existir razão, porque a razão atrapalha a razão do coração.
    Um abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderExcluir