sábado, 13 de julho de 2013

tenho saudades....

Sinto saudade do cheiro, do sabor, das mãos que aceleram o calor,
do gosto de mel, dos lábios macios e sedentos me levando ao céu,
sinto saudade da magia, do encanto, da embriaguez...

Sinto saudade, do tom....da voz que me faz viajar...
saudade das horas findas de um lindo navegar.
Do perfume exalado, do beijo molhado...do suave toque no simples tocar.
Saudades das horas que me leva a voar....

Saudade do que desperta...de tudo que não há pra ser,
saudade dos momentos que me faz viver.

Sinto saudade do ver colorido...da aurora boreal dos meus sentidos...
saudade de mim quando estou em você...
saudade de nós, da saliva trocada...das risadas que ecoam numa madrugada.
Sinto só saudades...
(Simone Prado)


5 comentários:

  1. Lindo poema, amiga Simone.
    Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. Que hermoso poema, Simone, eu tengo suadades tambem!
    Beijos, boa noite.

    ResponderExcluir
  3. Nossa amiga Simone, lindo poema!
    A saudade sempre nos inspira a belos poemas.

    Beijos em seu coração!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  4. CONVITE
    Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  5. Quem diz que a saudade é um sentimento português, não leu certamente o seu poema. Obrigada por esse momento.
    Beijinho e um domingo doce e ensolarado
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir