sábado, 15 de dezembro de 2012

Busca....

Eu procurei palavras,
como respostas do que não compreendi.
Eu procurei sorrisos em rostos estranhos,
brilho nos olhares que passavam por mim.
Eu procurei flores em jardins desertos,
procurei água em meio a desertos.
procurei abraços em meio a desprezos,
Procurei alegria em meio do medo.
Procurei carinho, paz e amor,
procurei... procurei o tudo no pouco que restou.
Procurei liberdade em meio as algemas,
procurei sonhos em meio a realidade.
Procurei a verdade!
Procurei os caminhos que me levassem há algum lugar,
onde eu pudesse me realizar.
Procurei tanto e aqui estou,
mas sem pressa de encontrar,
sei que o que é pra se achar vem em nosso encontro,
mesmo que eu não vá mais procurar.
(Simone Prado)


5 comentários:

  1. Palavras procurei
    Em busca sem parar
    Cansado cheguei
    A um convívio fui almoçar.

    Desculpa mais não escrever
    Amanhã irei voltar
    Não é por mal podes crer
    estou cansando vou-me deitar!

    Um beijinho,
    até amanhã, se Deus quiser
    Eduardo.



    ResponderExcluir
  2. O que for pra ser, virá! Lindo! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Simone!
    Nossa vida é uma busca incessante e tudo que precisamos vem para nós pelas dádivas do criador. Beijos e um lindo domingo!
    Gracita

    ResponderExcluir
  4. Simone linda,a eterna busca do ser, pois é, o que a nós for para o bem virá com certeza!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. A intensidade da procura pode nos levar a desencontros... Lindos versos amiga! Feliz Natal e ótimo 2013! Marco Rocca.

    ResponderExcluir