sexta-feira, 2 de novembro de 2012

PERDAS


Ao longo da vida vamos aprendendo a lidar com as perdas, seja elas de qual natureza for, dos entes queridos, do amor mal resolvido, dos filhos que crescem e se afastam por quererem viver a vida e conhecer o mundo, ou perdidos em seus interiores de alma. Vamos nos moldando a situações adversas e mudanças de espirito, ouvindo os NÃOS que encontramos pelo caminho. Mas quando é aquela questão de pessoas que nossos olhos nunca mais verão nessa terra e a saudade corroí como ferrugem no tempo, comendo de mansinho nosso coração até se tornar como uma peneira de tantos buraquinhos de dor. Com o tempo a dor latente vai dando uma trégua, e chega aquela saudade que aperta bem devagarinho e nos faz gemer baixinho em quanto a lágrima até rola. Os anos vão se arrastando e viver uma nova vida é fato, vamos nos adaptando. Mas de repente aquela vontade de abraçar, de dar um beijo cheio de amor, de pegar no colo, de rodopiar, de correr ao encontro....mesmo sabendo que o que partiu não vai chegar...é só fruto de nossa imaginação. O NUNCA MAIS  é tão forte! Não, pelo menos o conforto dos que creem que até um dia, pelo menos. Depois vamos seguindo, querendo conquistar com medo de perder, antes mesmo de ganhar, ou um simples tudo bem, posso entender senão tiver que ser...já aprendi a perder. Mas que Deus mande um anjinho pra te livrar da dor, mesmo que ele chore com você...ou te oferte uma flor e te diga: TUDO BEM, VAI PASSAR.
 (Simone Prado)-02/11/2012.

7 comentários:

  1. Querida amiga Simone, a dor da perda, de um filho, por exemplo, é minimizada pelo tempo, mas ela dura a eternidade de uma vida.
    Um abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderExcluir
  2. Que bonita essa postagem; cada um, a sua maneira entende (sente ... esse "dia em que lembramos os mortos.
    Eu já tive muitas perdas também e dói, sim, mas nem a flor nem o anjo "peço a Deus que me ampare, que enxugue minhas lágrimas... E vai passar, não é?
    A saudade é eterna* nunca vai nos deixar.

    Beijinhos, amiga, espero q leias a minha postagem e dá tua opinião "o tema é o mesmo ...
    # boa noite pra ti.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite linda xará,
    estava fora dos blogs.,
    mas continuei no face.
    La no blog., eu costumo
    escrever inspirada em
    momentos, meus ou não,
    e por esse motivo, fiquei afastada.
    Se fosse escrever sairiam palavras
    sofridas do fundo da alma...Entendo
    a morte como parte da vida, um ciclo que se fecha.
    Mas o coração é teimoso e se tocamos no assunto,
    pronto...Sofremos. Mas estou melhor, não ainda
    para escrever, mas para aos poucos voltar ao mundo
    da blogosfera...Vou levar teu texto como meu regresso.
    Obrigada pelo carinho de sempre...Bjinhos carinhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha amiga, que os dias que hão de vir sejam como bálsamo para sua ferida. bjim

      Excluir
  4. Uma perda que aprendemos a superar, uma dor que com tempo passa, mas que deixa saudades, aprendemos a perder porque na vida só existem duas opções, perder ou ganhar, embora muitas vezes achamos que so perdemos, mas Deus sabe o que faz e nosso futuro esta em suas maos, linda mensagem, senti a emoção rolar forte nas suas palavras!

    ResponderExcluir
  5. Tão pequena palavra
    Que tanto custa a dizer
    Que a dor não apaga
    Nem saudade esquecer.

    Para sempre adeus dizer
    Numa viagem só de ida
    Para nunca mais se ver
    A pessoa muita querida!

    Quando chegar o nosso dia
    Para sempre partiremos
    Neste mundo de tanta arrelia
    Que desse dia se esquecemos!

    Perda é tristeza
    Que não podemos evitar
    São as leis da natureza
    Que Deus antes ditar!

    Com humildade
    As devemos aceitar
    Fica a saudade
    De quem parte
    para mais não voltar!

    Bom fim de semana para você,
    amiga Simone Prado
    um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir