segunda-feira, 5 de novembro de 2012

EU CONSEGUI!



Já cansei de fazer planos, já cansei de sonhar,cansei de esperar o que desejo pois percebi que nada acontece na minha hora.  Hoje apenas espero o que Deus achar que mereço, e agradeço por tudo que já me concedeu. Não adianta espernear, gritar, e meter os pés pelas mãos se não entendemos os propósitos de Deus nada acontece. Claro que as vezes sonhar é tão frutificante e sadio, mas tem alguns sonhos que esperar é preciso e não adianta ter ansiedade. Lembro dos pássaros quando são presos na gaiola, nos primeiros dias, se debatem, se machucam...mas com o tempo vão acostumando com o espaço confinado e ai é somente cantar  o canto, mesmo que seja triste...mas ainda lindo pra encantar quem passar. Hoje meu brilho anda ofuscado, já não sou mais como antes, apenas canto a minha poesia e espero o tempo passar, como a olhar pela janela e ver o mundo lá fora, porém a esperança ainda é viva de dias melhores que hão de vir, pois a alegria de chegar até o fim da estrada e olhar pro alto e dizer: EU CONSEGUI!

(Simone Prado)

13 comentários:

  1. De tantas coisas se cansou
    Bem alto gritou, estou aqui
    De algo cansada não ficou
    E mais um vez gritou. CONSEGUI!

    Minha visita já fiz
    Vou andando
    Tenha uma noite feliz
    E um lindo sonho!

    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  2. Estou com muitas saudades
    como estou resolvendo no momento
    problemas pendentes que preciso realmente
    decidir.
    Com muitas saudades venho deixar meu carinho
    e agradecer sempre pela sua linda amizade.
    Quantas vezes ao me sentir sozinha entro
    no meu blog vejo um recado carinhoso
    minhas forças se renova a cada dia.
    Uma abençoada semana beijos na sua alma
    pra sempre sua amiga,Evanir..

    ResponderExcluir
  3. Simone, com certeza você vai conseguir.
    Um beijo
    Manoel

    ResponderExcluir
  4. Que maravilha minha amiga este poema pode perfeitamente ser um hino de vitória para todos nós!!!
    Mil beijinhos amiga e... um dia todos nós conseguiremos....

    ResponderExcluir
  5. Suas palavras são muito belas amiga. Entretanto, o que alimenta a humanidade? A paixão, a vontade, persistência... É preciso manter a chama acesa, sempre... Abraço fraterno, Marco Rocca.

    ResponderExcluir
  6. Querida Simone você vai conseguir! Lindo poema. Beijinhos da sua miga.

    ResponderExcluir
  7. Seguro que conseguirás salir de este estancamiento Temporal y tu inspiración volverá a volar sobre el espacio virtual de nuestros corazones.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  8. Amiga espero que estas palavras não reflitam verdadeiramente o seu estado, por favor nem pensar em esperar apenas as horas passarem como os pássaros da gaiola, se é assim que vc se sente, bora sacudir esta poeira e dar a volta por cima amiga! Bjoooosss

    ResponderExcluir
  9. Querida,
    Plano nada mais são do que sonhos que acalentamos na alma e eles nos foram dados por Deus para nos alimentar.
    Não deixe de sonhar e nem de fazer planos, pois são exatamente eles que nos dá esperança.
    Beijokas doces e se cuida.

    ResponderExcluir
  10. Também fiquei um pouco triste com alguma resignação que senti nas suas palavras. Espernear de vez em quando faz bem, alivia a alma e, por vezes, acelera essas decisões que Deus tem para nós.
    Por favor, continue ao menos com a sua poesia, que encanta quem passa. Mas, se possível, que essa poesia seja também cor, felicidade, assobio, porque é sinal que você está bem!
    Um doce restinho de semana
    Beijinho
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  11. Hay momentos en que todo se nubla... pero lentamente los rayos de sol vuelven a abrirse camino y darnos claridad.
    Preciosas letras que hablan por el corazón, te dejo abrazos infinitos!

    ResponderExcluir
  12. Amiga Simone, não pode só ver o mundo da sua janela, tem de fazer parte dele. Há que seguir em frente e acreditar que no próximo amanhecer tudo poderá ter mais cor e alegria, afinal é um novo dia, um novo começar.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir