domingo, 4 de novembro de 2012

CARÊNCIA DE VOCÊ


Essa falta que você me faz,
me inquieta e me deixa sem paz.
Essa vontade de estar em ti,
mas você não quer estar em mim.
Essa rejeição banal,
deixa a minha boca amargando sal,
tudo podia ser diferente, se não fosse uma pessoa tão ausente dentro de você.
Carregando magoas antigas e atirando dardos em quem não merecer.
Coração que não perdoa, que não esquece as coisas a toa e fica mascando o fel,
com gosto de vingança. Parece ser apenas uma criança mas que cospe na cara,
querendo se proteger. Nunca lidei com uma pessoa feito você.
O que mais me incomoda é que que já deveria ter esquecido,
de com você ter me envolvido e deixar de me entristecer. 
Se não tivesse olhado na sua cara e visto no fundo dos seus olhos,
animal ferido, que mesmo escondido deixou transparecer.
Por que não consigo te tirar das lembranças e esquecer de você?
Vem e invade minha mente, se entromete em meus planos como um intruso
e parece ser mais forte que eu.
Preciso te esquecer na marra, retomar minha vida e continuar a caminhada,
meio descalça a pisar em cascalhos, mas sei que vai passar e num outro dia vou ainda festejar,
Deixar no passado, o amargo, e olhar pra frente e me encontrar num novo AMOR, naquele que não filtra a dor e quer apenas viver. 
(Simone Prado) 

9 comentários:

  1. Essa rejeição banal
    Quem de você não quer saber
    Por onde andará afinal
    E o que está você fazer?

    Vai a correr
    Não o deixes de ti fugir
    Se o não podes esquecer
    Abraça-te a ele a sorrir!

    Não fica carente não
    Goza bem a tua vida
    Não contraries o teu coração
    Vive feliz com ele alegria!

    Bom domingo para você,
    um beijinho
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  2. dói, mas um dia passa essa lembrança que tira a gente do sério e marca nossa alma com o gosto amargo da rejeição...um dia passa!!

    ResponderExcluir
  3. Minha linda!!!!
    Feliz domingo pra ti !!!!
    Anda se dissolvendo em lindas poesias e eu aqui pra absolver teus escritos...
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Simone, acho que só o tempo restaura isso. Tudo que for feito fora do tempo certo será como que um "remendo" e logo se romperá.
    Beijo no seu coração
    Manoel

    ResponderExcluir

  5. Boa tarde Simone!! Vim agradecer sua vista e por sempre da vida ao meu blog, deixando lindos comentários. Saiba que sempre que te vejo no meu cantinho, é uma injeção de ânimo para que eu possa continuar com este maravilhoso trabalho que esta blogsfera nos oferece. Sua presença é muito importante e eu agradeço de todo coração.
    Como diz um poeta desconhecido:
    “Há pessoas que como estrelas
    irradiam o brilho de sua luz interior
    transformando a própria essência
    em uma existência de carinho e
    sensibilidade”.
    Você é uma pessoa iluminada!!!
    Que Jesus continue te protegendo e irradiando de beleza para que você e toda sua família sejam muito felizes. Abraços uma linda tarde de Domingo e um início de semana abençoado.
    Lourdes Duarte
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Simone, basta te sentares tranquila, segurar as pontas e começar lentamente a fesfazer os nós...
    Pode levar tempo mas o teu coração um dia se sentirá livre.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oii amiga, gostei do texto, todos nós temos esta sensação de caminhar descalços sobre cascalhos em momentos difíceis e pior: Sózinhos, em diversas situações a vida nos faz passar por isso, mas passa e logo retomamos o caminho mais feliz! Bjoooss e desde já boa semana!

    ResponderExcluir
  8. Tu inspiración mi querida Simone, nunca termina, una bella entrada llena de sentimientos.
    Un placer disfrutar de tu poesía, te dejo un fuerte abrazo.

    ResponderExcluir
  9. Boa Noite,



    Passei para desejar que a semana que inicia seja repleta de amor e grandes realizações.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir