terça-feira, 9 de outubro de 2012

Cumplicidade


UM DIA TE CONHECI SEM QUERER

DO NADA, SEM PERCEBER

VOCÊ CHEGOU DE MANSINHO

COMO A FAZER CARINHO

SEM NADA PEDIR EM TROCA

ESTÁ FICANDO

BEM POUQUINHO

LIVRE, LEVE, SOLTO

NÃO ME IMPORTO

O QUE VALE É QUE AINDA ESTÁ

E ENQUANTO FICAR

QUANDO ENTRAR, POR FAVOR,

FECHE A PORTA,

ME ABRACE, ME CALE,

ME ENCHE DE AMOR.
(Simone Prado)

11 comentários:

  1. Que lindo! Então quer dizer que vc tbm escreve? Não conhecia esse seu espaço, então vou conhecer agora, rsrs. Bjo

    ResponderExcluir
  2. Não por incidente
    Gostaria de te conhecer
    Vives noutro continente
    De mim não queres saber!

    Cumplicidade
    Escreves tu
    Como liberdade
    Em corpo nu!

    Quem chega de mansinho
    Trás amor no coração
    P'ra você muito carinho

    Trás uma flor na mão
    E nos lábios um sorriso
    Vindo de outra nação
    Para viver contigo!

    Enquanto ficar
    Esse teu amor
    Para te acariciar
    Te dando mais calor!

    Todo aquele que precisar
    Para o seu corpo aquecer
    Com muito carinho te abraçar
    Eu pedido de ciumes fico a ver!

    Mas não vai acontecer
    Porque o não permitir
    Eu cheguei primeiro para ver
    Teus doces lábios a sorrir!

    Com certeza
    Não o vais negar
    Quero a tua beleza
    E contigo ficar!

    Boa terça-feira para você,
    O desculpa tudo isto
    Não encontro maneira
    De ter mais juízo!

    Beijinho
    Eduardo.





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....vc hoje está pra lá de inspirado!

      Que coisa é essa de ciúme sentir, sabes que assim me mata de tanto sorrir. Chegaste primeiro, mas não foi bem assim, quando chegaste já havia alguém dentro de mim. Claro que sentimentos tenho pra dar, talvez não da mesma forma mas vamos tentar. Você é meu amigo de Portugal, chegou em minha vida pra me alegrar, deixa de ciúme vai, vem comigo festejar, sei que quer sempre minha felicidade e estou doida pra festejar. bjim migo, ficou ótimo seu comentário como sempre.

      Excluir
  3. Corrijo: Eu perdido de ciumes fico a ver!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Simone


    Que linda essa poesia.

    "NÃO ME IMPORTO

    O QUE VALE É QUE AINDA ESTÁ

    E ENQUANTO FICAR"

    E o comentário do Edu, uma poesia a parte. Que delicadeza.

    E a gente arranja sempre um tempinho pra visitar blogs de amigas queridas que estão sempre ao nosso lado nessa grande blogosfera.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina ficou lindo o comentário do Edu, como sempre né, obrigada pela visita miga.

      Excluir
  5. Ui,ui,ui.Nossa o clima esquentou por aqui, foi o que senti,rsrsrsrsrs, ai caramba! Nuss! Gostei do poema, em poucas palavras despertou sentimentos pra lá de quentes,rs. Beijokas querida Simone.

    ResponderExcluir
  6. Linda cumplicidade! Simone, lindos versos!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Que delícia de versos amiga!
    Cumplicidade é isso!
    Tanto você quanto o Edu são formidáveis...
    Amei lê-los! (aqui e no blog do Edu)
    Abraços! Boa noite e lindos sonhos.

    ResponderExcluir
  8. Quanta poesia nessa cumplicidade, lindo!
    Beijo
    Boa semana

    ResponderExcluir
  9. .



    Amanhã as portas do meu
    blog serão abertas mais
    cedo, para permitir que
    você descubra a diferen-
    ça entre as reais amiza-
    des e as que se dizem
    verdadeiras.

    Esperamos você lá.

    silvioafonso







    .

    ResponderExcluir