quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Alma desnuda

A lua encontrou-me nua,
nua de sentimentos,
vazia em meus tormentos,
me sentindo só.
No silêncio de mim,
na imensidão das palavras que me cercam,
mas por vezes não me despertam,
nenhuma emoção.
Não me achei por um momento dentro de mim,
talvez tenha ido dar uma volta,
em algum jardim.
Preferi subir nas nuvens e me esconder,
tem hora que ficar em silêncio na minha alma,
não encontro lugar,
fui ter com as estrelas a olhar.
No silêncio de minha alma cheguei adormecer,
quando amanhecer retornarei em mim,
pra prosseguir meu viver.
(Simone Prado)

17 comentários:

  1. E que tenhas um belo amanhecer...e segue *
    Beijinho.

    ResponderExcluir
  2. Linda poesia Srta, O olhar da lua já esta em seu coração, esperando o sol nascendo! abraços

    ResponderExcluir
  3. Mais um poema cheio de sensibilidade... "no silêncio de mim" é de uma profundidade linda.
    Também eu me encontro, por vezes, uma estrangeira nesse mundo.
    Um doce fim-de-semana Simone.
    Beijinhos
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  4. O desejo a fez subir ao céu
    Ao encontro do prazer
    A lua a viu nua, não se escondeu
    Quis de perto as estrela ver!

    Nas nuvens voou
    Para as estrelas de perto olhar
    Será que encontrou
    O que junto delas procurar?

    Boa sexta-feira,
    um bjo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  5. Amiga vc é uma camaleoa mesmo, está sempre mudando, o Blog, os pensamentos, os sentimentos, adoro acompanhar! Bjooooosss

    ResponderExcluir

  6. Olá Simone,

    E que seja um lindo amanhecer, com o coração repleto de doces e novos sentimentos.
    Linda sensibilidade e poesia.

    Obrigada pela visita.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Olá Simone, linda poesia, de uma grande sensibilidade....
    Desejo um ótimo final de semana, bjs! Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  8. Son tan dulces tus letras, es maravilloso leerte!
    Te dejo un fuerte abrazo y te deseo un hermoso fin de semana!!

    ResponderExcluir
  9. Excelente poema, onde "No silêncio de mim," define toda a sensibilidade da poetisa:)!
    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Olá lindo poema Simone.
    Obrigada pelo seu carinho.
    Desejo a vc um ótimo fim de semana beijos.

    ResponderExcluir
  11. Gran beleza, muito sensivel poema, e comnmovente, tocante!
    Abraco grande.

    ResponderExcluir
  12. Bonito poema, amiga Simone. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir
  13. oh! Minha amiga sorriso!!!!
    Amiga dos poemas mais encantadores,que sempre nos fornece o que tem de mais interno que é o amor dividido por todos nós...lindo seu poema...a lua que é mensageira dos poetas sempre te acompanha e eu sempre te acompanho nas tuas escritas ...
    bjsssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  14. Tus letras muy sensibles Simone,
    siempre un placer,
    que disfrutes el fin de semana.
    un abrazo.

    ResponderExcluir
  15. È sempre motivo de muita alegria quando posso passar
    no seu blog para deixar um carinho e a lembrança da minha presença.
    Um pouco afastada para realização de muitos exames
    sinto muita falta de estar nos blogs das minhas lindas amizades.
    Deus abençoe grandemente seu final de semana
    beijos no coração paz e luz,Evanir..

    ResponderExcluir
  16. Bonita poesia e espero que a alegria já tenha preenchido o seu coração. Beijos, Simone!

    ResponderExcluir
  17. Minha amiga que o seu amanhecer seja cheio de esperança e paz.
    Belissimo poema.
    Boa semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir