domingo, 8 de julho de 2012

Poder de escolha...

De dentro de mim nasceu planos, sonhos, vontades,
de dentro de mim nasceu as verdades,
nasceu a força de lutar, nasceu o momento de se regenerar.
Nasceu a Fé, a esperança.


De dentro de mim nasceu determinação,
nasceu também as coisas do coração,
nasceu a paixão, nasceu o amor.


De dentro de mim nasceu a generosidade,
nasceu o dom da bondade,
nasceu o amor ao próximo,
nasceu a amizade.


De dentro de mim também nasceu coisas ruins,
nasceu vingança, nasceu revolta, nasceu o ciúme,
nasceu coisas que não me eram de costumes,
nasceu a dor, nasceu muitas vezes o ódio,
nasceu também o rancor.


Nasceu a descrença,
nasceu o cansaço da alma,
e também o desamor.


De dentro de mim murchou-se a verdade,
foi minando as vontades de prosseguir,
de dentro de mim pensei em partir.


Como numa luta interior,
pude ver o agora do antes que restou,
entendi que as minhas desculpas não me levariam a nada,
muito menos a uma vida um tanto sarada.


De dentro de mim tive que escolher,
viver ou me deixar morrer,
que o duelo dessa guerra interior,
pode me fazer derrotado ou um vencedor.


Cabe a mim decidir agora qual deles vou libertar,
pra parar ou continuar,
mas a decisão de escolha é somente minha.


Eu decidi que mesmo no meio da corrupção
posso fazer a diferença,
que amar é minha missão,
eu decidi ficar com as coisas do coração.
(Simone Prado) 

5 comentários:

  1. É de decisões sábias que o homem se faz um importante ser. Belo, parabéns!

    Ótimo domingo, ótima semana!
    Grande abraço.
    Tatiane.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderExcluir
  2. Tudo tem para vencer
    Portanto, não deve parar
    Quando o novo dia nascer
    E o sol a terra iluminar
    Na esperança de acontecer
    Continua você a caminhar!

    Para onde não vou perguntar
    Isso só você o saber
    Para sua vida não perturbar
    E seu coração não sofrer!

    Pensa certo para não errar
    Mágoas e desgostos não ter
    Dois caminhos pelo certo caminhar
    A esperança e a fé, ajudam a escolher!

    Bom domingo,
    um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  3. Olá amiga
    Uma sábia decisão. É bem mais gratificante ficar com o amor que vem do coração. Lindo poema.
    Um ótimo finalzinho de domingo
    Beijokas com carinho
    Gracita

    ResponderExcluir
  4. Amiga que lindo ler tuas letras. São sentimentos que afloram de dor pelo desamor que outrem. Mas, fica na certeza que tudo é para o nosso bem e crescimento espiritual. O amor quando não compreendido e regado todos os dias ele corre riscos como tudo em nossas vidas...Na frente temos que abrir nossos corações para as flores ficarem perfumadas para os novos sonhos.

    Um abraço amiga porque aqui se viaja na sinceridade dos sentimentos

    ResponderExcluir