quarta-feira, 6 de junho de 2012

Paixão em alto mar.

As vezes chegam pessoas em nosso caminho que não dá para explicar.
Não fazem nosso tipo, não se incluem em nossos preferidos, nem  se enquadram em nossos sonhos...
Chegam e vão se adentrando sem serem convidados, sem serem chamados, sem serem esperados...
De repente vamos esquecendo de pessoas que nos eram tão caras, daquelas que deixaram marcas e que até esperávamos voltar.
Sim existem pessoas assim!
Que nos fazem perguntar o por que de tudo acontecer assim?
Pessoas que nada fazem pra nos conquistar, mas apenas um olhar diferente, um coração tão sensível...
Não queremos que elas fiquem, mas também não conseguimos expulsá-las e elas simplesmente vão ficando, e ficando, e ficando...
Quando damos conta elas já se apossaram de nós, já fazem falta quando saem, já nos alegram quando voltam...
Eu não consigo entender essas coisas!
Nunca entenderei o por que dos opostos se atraírem.
Quando damos por nós, a paixão chega sem querer, ainda que a não quiséssemos a receber e aquele cheiro de perfume no ar, a lembrança que vem a nos conquistar e o beijo que não conseguimos apagar.
Dá vontade de fugir, ou fingir não está percebendo, que mesmo não querendo caímos de novo nos braços da paixão.
Então o que fazer?
Cruzar os braços e deixar acontecer?
Ou deixar os olhos fingindo que não vê?
A saudade aperta no peito, e sem querer nos deixamos levar...como um barco a deriva...em alto mar.
(Simone Prado)

10 comentários:

  1. Que bárbaro, adoreiii.
    Que poesia linda menina e quanta paixão, adorei mesmo...beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo...e assim é vida, sempre nos surpreendendo das mais diversas formas...
    beijinhos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  3. Os opostos de atraem amiga, Lembra da musica "Eduardo e Monica" do Renato Russo? foi bem daquele jeito a minha história, e hj são 13 anos de casados, é a vida amiga, as pessoas chegam tomam conta e não conseguimos mais viver sem elas! srrs Bjoooossss

    ResponderExcluir
  4. Nossa que lindo...é exatamente isto que vivo agora. Copiei e mandei para uma pessoa especial
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Paixão em alto mar
    Em aventura num veleiro
    Para onde navegar
    Amor, louco e verdadeiro!

    Existem pessoas assim
    Tão loucamente apaixonadas
    Até parece não ter mais fim
    No caminho sem encruzilhadas!

    Em alto mar tão serenos
    Amor com seus desejos
    Ao calor do sol ficam morenos
    Felizes se abraçam aos beijos!

    Bom feriado para você, amiga Simone Prado,
    um beijinho,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite...São emocões fortes, a flor da pele,
    que nos levam aos delirios e devaneios, que nos
    fazem fantasiar com tantos momentos, carinhos,
    amor mesmo! E olha que fica cravado, tautado em
    nosso coração e as vezes, até na alma...Bjinhos

    ResponderExcluir
  7. Você é formidável amiga!
    Que texto maravilhoso...
    Assim é a vida, as coisas vão acontecendo
    e nos envolvendo.
    Abraços! Um feriado lindo e abençoado pra ti.

    ResponderExcluir
  8. Querida amiga

    Que bom que seja assim.
    Viver é entender
    que cada minuto
    é um mistério.

    Que a vida nunca se perda de ti.

    ResponderExcluir
  9. OLá , boa noite!!

    É a primeira vez que venho, e já encontro um texto excelente, de questionamentos...Penso que as pessoas citadas em teu texto, não entram em nossa vida, e permanecem mesmo contra a nossa vontade, em vão...Elas estão no nosso caminho, talvez pra nos ensinarem alguma coisa, e também aprender. A vida , afinal ,também é feita de contrastes, não é mesmo?

    Gostei de vir aqui, e voltarei., Me aguarde!

    Beijos da Lu...

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Simone.
    Como é gosto vir aqui. Essa dualidade, esse mistério que torna a vida mais bela. Um fascinante poetar minha amiga. Tem mimo no post de hoje. Passe por lá... http://gracitamensagens.blogspot.com.br. Tenha um esplêndido feriado. Beijinhos com carinho.
    Gracita

    ResponderExcluir