sexta-feira, 25 de maio de 2012

Trajetória

Espero não ter que apagar de mim a sua face,
esquecer o sabor de seus beijos,
engolir os meus desejos,
arrancando de meu corpo suas marcas,
 e não ter que fazer tudo isso novamente.
Que os dias não te levem como vento que dispersa,
que sua imagem não se torne uma névoa,
que vai se apagando quando o sol vai surgindo.
Se de tudo esse caminho eu tiver que percorrer,
por algum tempo ainda ei de ter você,
no calor que deixou em minha pele,
no sabor que deixou em minha boca,
no momento que estava ali bem na minha frente,
e era real , não um sonho banal.
Mas se eu tiver que prosseguir,
terei que sacudir a poeira de meus pés e deixar você ir,
sem despedida e sem adeus,
apenas um partir.
Deixando em mim a saudade,
do que por um momento foi tão verdade,
em que olhaste para frente,
sem me esperar,
deixando-me ficar tão ausente de sua vida,
não sendo razão e nem realidade,
do que fora apenas uma fatalidade,
que um dia tudo vai passar.
(Simone Prado)

7 comentários:

  1. Quem foi que inventou essa maldita regrinha, " O que é bom dura pouco" por que dura pouco se foi bom, essa é a questao, sentimos tanto prazer em viver aquele momento e de repente como fumaça some no ar, mas nada pode estar perdido, o amor vivido ainda há de te procurar, acho que nós é que somos ansiosas demais, e acabamos tornando as coisas difíceis ou ate mesmo impossível. bj

    ResponderExcluir
  2. Não faças disparate
    Que te possas arrepender
    Não apagues dessa face
    O que não podes esquecer.

    Engolir os teus desejos
    Marcas deixadas no corpo tirar
    Daqueles doces beijos
    Que ficaram para sempre as recordar!

    Tens um caminho a percorrer
    Não o faças apressadamente
    Que o percorras sem obstáculo ter
    Para encontrares o que desejas,
    ainda ausente!

    Bom dia de sábado para você,
    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  3. Não desejamos o fim do que nos faz feliz. Conhecemos o caminho que a despedida nos impõe e a saudade que ela deixa impregnada em tudo, insistindo em permanecer. Mas continuar, sem medo, ainda é a melhor opção. Se vierem cicatrizes, com o tempo desaparecerão. Bjs.

    ResponderExcluir
  4. amiga eu adoro aqui..vc escreve coisas lindas...bj

    ResponderExcluir
  5. Olá amiga, nossa arrepio com textos assim, não suporto algumas despedidas, acho tão triste, sou a favor dos encontros e nunca dos desencontros! Seja feliz vc merece! Bjooosss

    ResponderExcluir
  6. Hoje estou passando no seu blog
    para agradecer o carinho deixado no meu blog.
    Estou feliz em saber o quanto posso contar com sua amizade
    o quanto é maravilhoso uma amizade verdadeira .
    Minha luta não foi em vão e muitos menos em vão
    foi acreditar que ainda existe pessoas de coração puro e abençoado por Deus.
    Meu eterno agradecimento por estar do meu lado sempre
    mesmo por vezes eu estar um pouco ausente você nunca esquece de mim.
    Um Domingo feliz para você e sua familia.
    Beijos no seu coração.
    Com carinho,,Evanir.

    ResponderExcluir
  7. Amiga Simone!
    Vim lhe visitar e logo de cara, me deparo com um belo poema.Um amor recôndito e com conteúdo sentimental que transparece em cada frase.Parabéns pelo texto.Em meu blog tem um post novo, caso deseje participar, atente aos detalhes do post.Adoraria contar com sua participação!Um ótimo domingo.Um bjo amigo, Rubi.

    ResponderExcluir