domingo, 20 de maio de 2012

Se eu pudesse teria congelado o tempo....

Paralisado por um momento,
pra não perder  aqueles minutos.
Se eu pudesse não teria tido manhã,
nem sol a raiar,
por que a lua era nosso par.
Teria congelado o seu olhar preso ao meu,
ou aquele beijo que me deu,
pra nunca mais esquecer.
Quis a noite como aliada,
para  ao acordar a realidade quisesse na minha cara jogar que sonhei.
Quis as estrelas ao meu favor se acaso precisasse de testemunhas,
que você estava ali, naquele exato momento.
Não te planejei, não fiquei em expectativas,
apenas esperei e quando vi você bem na minha frente,minha cara não foi de contente e sim de irada.
Irada da impaciência, de até descaso, mas não imaginava o que seria depois, quando o dia se transformasse em passado, que de você eu tivesse gostado.
O que foge do esperado, no momento que acontece me deixa meia desfocada,mas confesso ter adorado algo diferente.
A curiosidade foi o que uniu eu e você,
eu precisava te conhecer para tirar conclusões. 
Mas sei, talvez tenha que esquecer.
Talvez tenha que deletar como tantos aprenderam a fazer.
Não sei, talvez!
Eu não quero ser eu mesma,
eu quero ser a que renasceu,
eu quero ser a que em seus braços reviveu.
O céu de negro se tornou tão azul,
mas talvez o especial tenha sido somente pra mim.
Quem sabe pra você fui tão comum,
fui tão sem magia,
num outro abraço tenha amanhecido tantos outros dias,e tudo tenha sido banal.
Não sei ainda!
Pode ser que tenha que fechar meus olhos e limpar sua imagem, piscar várias vezes e ter que encarar a realidade,que o ontem já passou e o sol no outro dia raiou,apagando seu sorriso e levando de mim o brilho dos seus olhos.
Por isso queria ter congelado o tempo,pra nunca mais te perder de mim,pra não ser roubada dos dias apagarem sua imagem,do som da sua voz se perder,e de dentro de mim eu ter que tirar você. (Simone Prado)





8 comentários:

  1. Admiro quem tem poesia assim, nos dedos, e escreve o que sinto com tanta emoção! Eu queria também parar o tempo, e de certa forma conseguimos nas lembranças, abraços

    ResponderExcluir
  2. Se você pudesse
    Mas não pode, o tempo congelar
    Mesmo que eu quisesse
    Não podia um beijo te roubar!

    Se roubado tem mais sabor
    Poderia tentar
    Para fortalecer o amor
    E a flor desabrochar!

    Antes ou depois do sol raiar
    Ser bom a qualquer hora
    Primeiro terei que treinar
    O mais depressa sem demora.

    O tempo passa e não espera
    A velocidade que ninguém consegue parar
    Leva a beleza com ela
    Para nunca mais voltar!

    Boa noite para você, não congelar os sonhos, mantenha-os bem quentes.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Amiga, acho que para todos nós existem determinados momentos os quais gostaríamos de congelar para que os tivéssemos ao alcance da mão quando quiséssemos revive-los.
    Um abraço. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
  4. Olá Simone,
    Que belo poema de amor.
    Quantos belos momentos gostaríamos de congelar no tempo....
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  5. Olá amiga, lindo texto, existem momentos e sentimentos que deviam mesmo ser congelados p que nunca deixassem de existir, mas a lei da vida é mutável, os rios correm, e outros momentos e pessoas chegam! Bjooooooosss

    ResponderExcluir
  6. Ja que abriu seu coração para o amor, menina voce ainda nao entendeu, que momentos como esse virão e a vida voltará a sorrir novamente por que descobriu-se viva e linda, bem vinda de volta a vida!beijos

    ResponderExcluir
  7. Venho desejar uma abençoada semana,
    também pedir sua presença no meu blog para
    nos unir em oração.
    Na postagem esta tudo explicado.
    Desde já Deus abençoe e seja bem vindo juntando -se
    a nos.
    Beijos no coração.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  8. OI SIMONE!
    UMA PESSOA QUE CONSEGUE MARCAR A OUTRA A ESTE PONTO, DEIXANDO-A TRANSBORDANDO DE AMOR, DEVERIA CORRESPONDER, ENTÃO SERIA PERFEITO.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir