segunda-feira, 7 de maio de 2012

Ao cheiro das flores.

E essa sombra que passa,
quase nos arrasta e nos leva a sonhar,
num devaneio secreto que 
muito me desperto pra por ti me levar.
Dos sonhos já passados,
dos que ainda haverei de sonhar,
guardo no peito o desejo somente de amar.
E se tiver que sem o amor viver,
melhor seria como morrer,
e deixar somente a semente pra que um dia,
em algum jardim, volte a nascer.
Das pétalas caídas,
ao chão se misturará com outras folhas,
e quando alguém passar nelas vão pisar,
e de certo nem vão se lembrar da cor daquela rosa que murchou. Saberão que num outro galho a semente lançada de certo desabrochou e da rosa que murchou o tempo a apagará,
e talvez seu perfume seja também esquecido no ar,
porque outras rosas haverão de nascer para o jardim perfumar.
(Simone Prado)

13 comentários:

  1. Olá, Simone. Que lindo jardim. Belos versos! Lindo casal. Parabéns pela linda família! Desejo uma semana iluminada pra vc e todo carinho. Bjos!

    ResponderExcluir
  2. flores lindas acompanhadas por um poema lindo..beijo amiga querida..

    ResponderExcluir
  3. Muito, muito lindo mesmo seu poema, parabéns.Uma semana de muita paz pra você, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que poesia linda, parabéns! abraços

    ResponderExcluir
  5. Uau!
    Que lindo poema, você colocou sua alma
    para fora...bom demais ler você...beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá minha amiga,bom dia !!

    Simplesmente lindo !!

    Parabéns pela sensibilidade !!

    Um grande beijo.

    Tenha uma linda terça-feira.

    ResponderExcluir
  7. A sombra que passou
    Folhas no chão ficaram
    As lágrimas que chorou
    Lindas flores regaram!

    Suas lágrimas perfumaram
    As pétalas da mais linda flor
    Seus lábios outros beijaram
    Ambos, doces de verdadeiro amor!

    Boa terça-feira,
    um beijo
    Eduardo.


    Tinham o doce do verdadeiro amor

    ResponderExcluir
  8. Seu poema fez suspirar profundamente...Ah! que delicia, rs,rs beijinhos linda flor

    ResponderExcluir
  9. Bom dia querida Simone, esse jardim sempre irá florescer novamente mesmo que as pétalas caem, outras rosas nascerão! Bjooooooos

    ResponderExcluir
  10. simone as flores e seus cheiros, induzem nossos sentidos a vida, a poesia a beleza. é tao bom. obrigado pelo texto. abraços lamarque

    ResponderExcluir
  11. Nossa que poema gostoso! Muito cadênciado e cheio de ternura, lembranças e uma pitada de tristeza.
    Mas se assim não fosse, nao seria tão lindo!
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  12. Lindo poema.
    os jardins são reflexos dos nossos sentimentos, florescem, caem e se reerguer, majestosamente...

    lindo dia pra ti, que seu dia seja florido como o jardim...que não se entristece com nada...

    beijos
    Giovanna

    ResponderExcluir