quinta-feira, 26 de abril de 2012

Inquietação...

Quantas vezes estamos angustiados dentro de nossa alma.
Querendo só um abraço e não julgamentos e nem recriminações.
Nem palavras, somente o silêncio e a presença de um socorro.
Quando um olhar dizendo a você: Eu estou aqui, mesmo sem te entender.
Olhamos para o lado e tem tantos mas não vemos nenhum.
Onde até a ajuda Divina não é suficiente pois naquele momento precisamos do calor humano, palpável.
Olhamos ao redor meio desesperados e mergulhados na solidão interior, do desespero da mente que não descansa. Tantas pressões, tantas cobranças. Ter que ser fortaleza todo o tempo pra não despertar perguntas que exijam respostas. Querendo no canto se aquietar, mas o inferno a se levantar pra tirar o sossego da gente.
Nessa hora, ao qual me desperto, onde nem consigo orar porque tem dias que isso acontece com o ser humano. Onde a razão, nem sempre é a dona do controle, onde as emoções nem sempre estão onde deveriam estar, mas sabemos que Deus é o refrigério ainda que nem precisemos falar.(Simone Prado)



10 comentários:

  1. Tantas vezes....arrfff...que estejas bem amiga ..super beijo.

    ResponderExcluir
  2. É inerente à alma sentir quase sempre essa sensação, pois é, fazemos parte do TODO, sendo assim ninguém foge dessa eterna busca de paz e conforto, né mesmo?
    Lindo seu texto!
    Ivone

    ResponderExcluir
  3. As flores que não param de crescer
    Neste tão bem cuidado jardim
    A jardineira que muito amor merecer
    Cuida dele com muito carinho sem fim!

    Estará com outros a concorrer?
    Ou ser mesmo sua competência
    Por isso lhe estou a dizer
    Que adoro muito a sua comparência.

    Transporta nos lábios sorriso ardente
    Que levam clorofila as flores
    Recebendo seu perfume constantemente
    Não mergulha na solidão, ser feliz com seus amores!

    Jardineira? teu coração
    Teus, lindos, olhos brilhantes
    Teus pensamentos onde estarão
    Como os meus muito distantes!!!

    Desculpa te chamar de jardineira
    Se não é, então é flor.
    Um beijo
    Eduardo

    ResponderExcluir
  4. Vim de um dos bligs da "Chica" e te "achei"! Que blog maravilhoso. Parabéns. Gostei de tudo aqui.
    BShell

    ResponderExcluir
  5. Olá Simone, desejo que estejas bem e tranquila.
    Por muitas vezes nos sentimos assim, mas faz parte da vida e do próprio crescimento e amadurecimento, espiritual e emocional...beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá minha amiga,Simone!

    Me desculpe pela demora na resposta,estive viajando com a família e só voltei agora.
    Obrigado pela visita e pelos comentários em meu blog,sua presença é sempre muito importante.
    Nossa...Que lindo texto o seu,era tudo o que eu precisava ler agora,obrigado.
    Ele é perfeito !!!
    Parabéns !!
    Um ótimo feriado para você e sua família.
    Grande abraço.

    Carlos Santos
    Através dos Sentimentos
    http://sentimentosdoindio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. O coração está sempre em busca de paz, e como encontra na poesia e na natureza! abraços

    ResponderExcluir
  8. "E se a alma não estiver
    leve e calma, jamais se
    aquietará o coração tambem!"
    Confio em DEUS, que esta sempre
    nos vigiando, protegendo, e tudo
    conforta, consola e abençoa!

    Fique bem, pois estou bem!
    Abraços carinhosos!

    ResponderExcluir
  9. O ser humano é inquieto por natureza! Ficou lindo o seu texto! Bjs

    ResponderExcluir