sábado, 31 de março de 2012

VAZIO DE ALMA







VAZIO DE ALMA QUE ME EMBRIAGA
ME DEIXA MEIO CANSADA
DESSA BUSCA INSANA DE PREENCHIMENTO
VAZIO QUE VEM TODO O TEMPO ME SUFOCANDO
QUERENDO O MEU PEITO ARRANCAR.
VAZIO DE ALMA QUE NÃO CONSIGO ME LIBERTAR.

ESSE VAZIO É A FALTA DO AMOR
QUE COMO UM PÁSSARO BATEU ASAS E VOOU,
FOI PRA BEM LONGE ONDE NÃO POSSO ALCANÇAR,
PERDEU-SE EM UM NINHO EM QUALQUER LUGAR.

VAZIO DE ALMA,
SAI DA MINHA MENTE,
DEIXE-ME EM MIM BEM PRESENTE,
PARA NÃO ME PERDER.

VAZIO QUE ESPERO UM DIA PREENCHER!

(SIMONE PRADO)

8 comentários:

  1. Simone, que o teu fim de semana seja preenchido pela paz e tranquilidade.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Não se deixa perder não
    No seu barquinho de papel
    Em seu peito o coração
    Na sua boca lábios de mel!

    Pelo amor embriagada
    Em busca encontrará
    Quando por alguém amada
    Muito feliz será.

    Preencha esse vazio
    Que em seu corpo existe
    Seu desejo seja quente e não frio
    E a felicidade nunca a desperdice!

    Afasta esse vazio de sua mente
    Do passado, no presente continuar
    Que te atormenta, constantemente,
    Do qual teu coração não se consegue libertar?

    Bom fim de semana,
    um beijo,
    Eduardo

    ResponderExcluir
  3. Que lindo Simone amei esse poema, tem tantos sentimentos! Estou fazendo um projeto chamado "Poemas amigos da borboletinha" Desde já conto com a sua participação! Estou organizando os poemas por ordem de chegada, todas as sextas-feiras irei compartilhar os poemas de meus amigos! se quiser participar fique a vontade! beijos carinhosos♥ shalom

    ResponderExcluir
  4. .




    Minha doce e querida Simone.
    Não se esqueça, hein! Estou
    esperando você no Bar dos
    escritores, aonde eu tenho a
    honra de escrever todos os
    dias 31 e 23 de cada mês. Ho-
    je eu falo do cotidiano, sem
    esquece do amor, da política
    e da fé.

    http://bardoescritor.blogspot.com.br/

    Estou esperando você.

    Um grande beijo.

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  5. Esse vazio deixa a gente capenga, como anjo de asas quebradas. Um dia sua busca acaba, mas quase sempre ja sabemos quem poderia preenche-la bem...
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Simone querida


    Amei o poema e confesso que muitas vezes senti esse mesmo vazio...
    Mas hoje acho que aprendi a não esperar preenchimentos...

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  7. Olá, Simone. Bom dia querida! Amei o post. O poema é tão verdadeiro, pois diz muito de mim. Deixo aqui uma frase que fala por mim...mas hoje acho que aprendi a não esperar preenchimentos. Obrigada amiga pelo carinho da sua visita que tanto me alegra! Bjo grande no seu coração e feliz domingo nessa cidade maravilhosa que eu adoro.

    ResponderExcluir