terça-feira, 13 de março de 2012

A ROSA VIROU GENTE

PARTICIPAÇÃO NO RIMA BLOG EU TE DOU UMA FLOR DO EDUMANES



"A ROSA VIROU GENTE"

Caminhando na areia, 
descalça olhando o mar em sua magnitude,
sentindo o vai e vem das ondas a tocar,
como seria possível uma Rosa andar?
Saí do jardim a procurar um outro lugar para pensar.
Mas a Rosa pensa? Sei, lá! Não deveria não, 
deveria só encontrar os corações.
Mas sou Rosa diferente, em algum momento virei gente de tanto amar.
Mas com essa graça, tive um dissabor, assim também sinto dor.
Se tivesse ficado no jardim encantado esperando pra ser colhida,
pelas mãos mais bonitas, não teria virado gente.
Mas vim a procurar, aquele que diz me amar,
achei que ele podia também nas areias da praia está a caminhar,
Querendo trocar o verde do jardim pelo azul do mar.
Pensei: Ele vai está lá, ele sabe que pra meu sonho se realizar
andarás comigo ao luar de mãos dadas e minha boca beijar.
Numa doce magia de amar.
Mas aqui também ele não está. Será que virou anjo a voar?
Ou simplesmente partiu, para não voltar.
Onde estará meu amor, passarinho bateu asas e voou.
Tomara que não esteja doente, ou o anjo virou também gente e
no mar veio se afogar.
Voltarei para o meu jardim, Rosa não foi feita para andar na areia,
poderá ela virar sereia e parar no fundo do mar?
Talvez o anjo virou tubarão, nadou para outros mares
a encontrar outro coração.


8 comentários:

  1. Lindos versos Simone! O bom é que há a possibilidade para a rosa.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  2. A Rosa que virou gente,
    Na areia andava descalça
    Muito feliz e contente
    Sorria para quem ela olhava.
    Rosa não foi feita para andar na a areia
    Poderia virar a sereia e parar no fundo do mar
    Mas voltou para junto do mar, caminhando serena
    Procurando seu anjo, que talvez virou tubarão
    para a ele se juntar?

    ResponderExcluir
  3. Quanta imaginação, da ate pra escrever um conto, gente ou não... há quem goste do espetar dos espinhos ou do seu cheiro que entorpece os sentidos! lindo texto, amei, beijos

    ResponderExcluir
  4. Olha, estou sem palavras, moça! Sua poesia é fenomenal, abraços

    ResponderExcluir
  5. Mas vc anda escrevendo bonito..bj querida boa noite

    ResponderExcluir
  6. Que encanto de poema onde a rosa se fez gente apenas para sentir como é a vida da gente... mas para seu jardim retornou..

    belíssimo

    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  7. Oi Simone!
    Achei uma doçura sem limites seu poema.
    Tanto assim que o li para minha filha de 8 anos e ela sorri e disse: mãe essa rosa é encantada! Onde será q ela fica?
    Isso é fazer poesia que toca as pessoas.
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa menina assim vc me mata do coração, vc não imagina que amei também esse texto. Já o li mil vezes, uma coisa assim tão legal imaginar uma ROSA/GENTE, que sente, que sente dor, que ama...levar a criança a imaginar a o que está lendo é mágico, vc me alegrou muito com isso. É muito saudável estigar nossos filhos a sonhar, a pensar...lindo isso. Manda um bjim pra ela.

      Excluir