Pular para o conteúdo principal

Pássaro na tela ( O choro do passarinho)

Sonhei em voar tão alto,
mas sou como uma pintura em uma tela,
que minhas cores alegram e dão vida,
mas que não consigo voar o voo da liberdade.

Sou como passarinho na gaiola que o espaço é controlado,
tudo que faço soa como errado,
tem hora que até desisto de tentar.

Sou como águia pra voar sem limites,
mas o meu limitado me prende em mim.
Quero ser livre,
mas minhas convicções me aprisionam.

Quero cantar o meu canto solitário,
na sinfonia mais triste que puder extravasar.
Porém me calo, para das pessoas suas alegrias eu não roubar.

A gaiola que me cerca,
puderas eu arrebentar,
encontrar uma fenda,
onde eu pudesse escapar.

Sou pássaro na tela,
que não canta, 
não anda, e nem pode voar,
que possui beleza contida
querendo irradiar.
 (Simone Prado)

Comentários

  1. Uaua amiga que lindo, adorei!
    Estou passando rapidinho p me despedir, depois passa lá no blog p vc participar do sorteio tá, bjossss e até a volta!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns minha linda!
    Fiquei encantada! Não tinha pensado nisso. Amei!
    Abraços! Uma tarde abençoada pra ti.

    ResponderExcluir
  3. Voar alto sem poder,
    Não irá conseguir
    Sem asas para o fazer
    Poderá no solo cair?

    À toa não se deve voar
    Sem primeiro ter a certeza
    Para feliz poder continuar
    Mantendo a sua beleza!

    A gaiola não prestar,
    Rouba a liberdade ao passarinho
    É preciso continuar
    Recebendo o seu carinho.

    Você de ser livre gostar,
    A voar livre gosta o passarinho
    Da gaiola o libertar
    Para livre construir o seu ninho.

    Desejo para você uma linda tarde,
    e sempre livre.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. O meu pranto escondeu as sílabas de uma palavra
    O meu céu não precisa de Sol para ser azul
    A minha emoção transbordou nesta clara manhã
    Tal como as incontidas águas que correm para sul

    Este Inverno que o meu querer instaurou
    Tem o rosto coberto por densa bruma
    Tem a força de todas as marés esta emoção
    Que devolvi hoje à espuma

    Doce beijo

    ResponderExcluir
  5. Um poema simplesmente maravilhoso, parabéns Simone por tão bela inspiração.Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga
    Vim agradecer a sua presença amiga lá no meu cantinho magico coração,
    gostaria lhe oferecer um selinho dos 500 seguidores como prova de minha gratidão.
    Tenha um lindo dia coberto de muita paz e alegria
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  7. Perfeito querida..boa noite

    ResponderExcluir
  8. Simone!

    Que lindos versos!

    Solte sempre o passaro preso!
    Extravase o canto!
    Voe livre e alto!
    Nao deixe que suas convicções lhe aprisionem!


    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Lindo poema, mesmo na tela impressa com majestosas cores, podemos sentir a liberdade de voar, o seu canto a nos alegrar...e isso não nos aprisiona.

    um belo dia com lindos cantos do passaros em seu jardim
    Abraços
    Giovanna

    ResponderExcluir
  10. Da gaiola se libertou,
    Por onde andará agora
    A voar ainda não regressou
    Preocupa a sua demora!

    Ou será que zangada ficou,
    Por ter tanta liberdade
    A voar não mais parou
    À procura da felicidade?

    Bom fim de semana pra você.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  11. Querida amiga

    As vezes,
    esta gaiola
    é o nosso
    próprio coração...


    Que haja sempre
    perfume de sonhos
    em tua vida.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

CROMOS E KAIRÓS ( O TEMPO DE DEUS E O TEMPO DOS HOMENS

Significado da palavra Khronos (em grego Χρόνος, que significa ‘tempo’; em latim Chronus) Kairos (καιρός) é uma antiga palavra grega que significa "o momento certo" ou "oportuno"
"Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração do homem, sem que este possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até ao fim." (Eclesiastes 3 : 11)



DEUS NÃO SE LIMITA AO TEMPO DO HOMEM POIS ELE TEM O PRÓPRIO TEMPO. POR ISSO SOMOS TÃO ANSIOSOS E VIVEMOS MAL NOSSO TEMPO, NOS PREOCUPAMOS EM CORRER E ESQUECEMOS DE VISUALIZAR O HOJE AO QUAL VIVEMOS. DEPOIS FICAMOS NUM FUTURO A  LAMENTAR O TEMPO PERDIDO



Seu sorriso no silêncio (FALECIMENTO DO MEU TIO-PAI)

Ontem seu sorriso se apagou nesse mundo, seus olhos se fecharam num sono profundo.
Mas ao te visualizar naquele lugar frio e impessoal com apenas flores artificiais,
quando minhas lágrimas caíram livremente e a consciência que é o fim pra todo humano existente,
que todos vamos por isso passar pois não ficaremos eternamente, deixando nesse mundo apenas as sementes, e as lembranças boas e ruins.
Quero me lembrar de você não como o meu último olhar, mas as risadas que ainda ecoam em meus ouvidos,
nunca dentro de mim apagará seu sorriso e a alegria que transbordava por onde passava
Nos seus 86 anos de vida nessa terra, você foi meu tio mas também meu pai o era.  Meu coração ainda está a chorar de saudades eternas. O nome do meu filho, hoje com 20 anos, foi você quem escolheu e foi tão perfeito que foi como Deus que me Deu, nunca poderia ter sido melhor escolhido pois também era como filho seu. A dor que hoje há em meu peito, sei que um dia irá passar, e apenas as boas lembranças da saudade irão…

Sou apenas uma joaninha

A caminhar pelo jardim, pousando em cada flor, voando assim, assim.
Sou apenas uma joaninha de tão pequenina, mas onde passo deixo meu encanto, meus desenhos atraem olhares por todos os cantos.
Minha diversidade de cores traduz a perfeição da criação, sou inofensiva, as crianças gostam de comigo brincar, sou tão linda que querem sempre me pegar.
Vou caminhando lentamente, as vezes, chego a dar pequenos voos. Sou joaninha simplesmente, nesse mundo gigantesco, mas trago comigo grande apreço, que alegro onde passar. (Simone Prado)