terça-feira, 29 de novembro de 2011

Augusto Cury


Um dia uma criança chegou diante de um pensador e perguntou-lhe:”Que tamanho tem o universo?”Acariciando a cabeça da criança,ele olhou para o infinito e respondeu:”O universo tem o tamanho do seu mundo.”Perturbada,ela novamente indagou:”Que tamanho tem meu mundo?”O pensador respondeu:”Tem o tamanho dos seus sonhos.”Se seus sonhos são pequenos,sua visão será pequena,suas metas serão limitadas,seus alvos serão diminutos,sua estrada será estreita,sua capacidade de suportar as tormentas será frágil.Os sonhos regam a existência com sentido.Se seus sonhos são frágeis,sua comida não terá sabor,suas primaveras não terão flores,suas manhãs não terão orvalho,sua emoção não terá romances.A presença dos sonhos transforma os miseráveis em reis,faz dos idosos,jovens,e a ausência deles transforma milionários em mendigos faz dos jovens idosos.Os sonhos trazem saúde para a emoção, equipam o frágil para ser autor da sua história,fazem os tímidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades.Sonhe!"
Augusto Cury


edumanes disse...

Sonhe e pense em seu mundo enorme,
E em todas as manhãs com orvalho
Com a felicidade acordada ou enquanto dorme
Em casa de viagem ou no trabalho.

Não se entregue à solidão,
Procure o que já perdeu
Não lute contra o seu coração
Para o não magoar mais do que já sofreu!

Ele precisa de continuar,
Com amor e em paz viver
Se você descanso não lhe dar
O mais vais entristecer!

Não esteja triste
Conselho não lhe posso dar
O amor é lindo e existe
Quem o não tem, o deve procurar!

Queria ser anjo



Para ficar pertinho de você
 estar sempre a sua volta e te proteger.
Queria ser anjo,
para quando sentir dor te curar,
na tristeza seu coração alegrar,
e do seu lado nunca me ausentar.
Queria ser anjo pra que sinta minha presença,
sinta a paz de mim exalar,
queria ser anjo pra cantar em seus ouvidos,
quando nas noites de insônia se sentir meio perdido.
Queria ser anjo pra te fazer esquecer as horas sofridas,
passar um remédio em suas feridas.
Mas na hora de te amar queria ser anjo pra te fazer voar,
e pro céu te levar num lindo voar.
Queria ser anjo sim,
mas na hora de fazer amor,
queria ser eu mesma por favor,
ser mulher e bem real,

domingo, 27 de novembro de 2011

O PODER EM NOSSAS MÃOS


TEMOS PODER PARA FAZER ESCOLHAS, MUDAR NOSSO RUMO E NOSSA DIREÇÃO.
TEMOS PODER PARA DELETAR EM SEGUNDOS DE NOSSA MENTE INFORMAÇÕES QUE NEM PRECISAM ENTRAR EM NOSSO CÉREBRO, MAS DEPOIS QUE ENTRAM NÃO SE PODE SIMPLESMENTE DELETAR, AÍ É PRECISO DE OUTRO PROCESSO PARA SE LIBERTAR.
TEMOS PODER DE MUDAR NOSSOS PASSOS, APRENDER A DIZER NÃO, SIM TEMOS PODER EM NOSSAS MÃOS.
TEMOS PODER DE FIRMAR NOSSAS PALAVRAS E DE NÃO SUCUMBIR AS TENTAÇÕES.
TEMOS PODER DE SERMOS BEM MELHORES DO QUE REALMENTE SOMOS.
TEMOS PODER DE TER UM CARÁTER TRATÁVEL.
TEMOS PODER DE ESCOLHER NOSSAS COMPANHIAS, NOSSAS AMIZADES, NOSSOS CAMINHOS...TEMOS PODER...MAS NEM SEMPRE O USAMOS POR MERA DISTRAÇÃO.

LIBERTAÇÃO



Sinto que dentro de mim tem algo preso que precisa ser liberto,
tirar mágoa e tristeza para que possa ser leve e voar.
Esquecer o passado já não é tão difícil hoje, mas esquecer o que ele me causou,
a dor que deixou isso sim é uma questão, ninguém é tão forte com essas coisas do coração.
Já não há mais nada a perdoar apenas acreditar que o amanhã pode ser diferente e é esse o maior desafio.
Acostumamos com as pedras do caminho e é difícil mudar a paisagem.
Sinto que dentro de mim existe uma mulher com ânsia de sair, ser liberta  e livre para amar.
Ao mesmo tempo espero que o que ainda me prende, o medo, a angustia não venha a me derrotar.
Só tem um Deus que pode me ajudar, mas deixar Ele cuidar não é assim muito fácil pois é como um animal assustado que tem medo até de acreditar.

sábado, 26 de novembro de 2011

QUERIA TER ASAS



QUERIA TER ASAS,
PARA VOAR BEM DISTANTE
FAZER AS COISAS NÃO SEREM COMO ANTES
E VOLTAR A SORRIR.

QUERIA TER ASAS
PARA VOAR ATÉ O CÉU,
VOAR BEM ALTO
E ME SENTIR EXISTIR.

QUERIA TOCAR O IMPOSSÍVEL,
NUM INFINITO AZUL SEM FIM,
QUERIA TER ASAS PARA PERCORRER O HORIZONTE,
ROMPER COM BARREIRAS,
TÃO DIFÍCEIS HOJE PRA MIM.

QUERIA TER ASAS PARA REALIZAR MEU DESEJO,
VOAR BEM LONGE EM SONHO
E TE TRAZER PRA MIM.

Insistência...



Por que insiste em ficar?
Já sei, é para me torturar,
para quando olhar para você sentir que aquele lado bom em mim de a tudo entender já não existe.
A sua presença me aponta meus erros, minha mau escolha, meu fracasso.
Por que insiste em ficar?
Quantas vezes já pedi para ir embora,
jogar as traças fora,
para a vida continuar.
Ainda insiste em dizer-me que isso é amor,
hora faça-me um favor.
Amor é ser egoísta achando que somente minha presença basta para  lhe fazer feliz?
Dizendo assim: Que qualquer migalha basta, o que importa é estar ao meu lado?
Ah! quero mesmo é meus pés descalços, ter minhas roupas esvoaçadas no vento, ser livre em meus pensamentos e não ser obrigada a amar sem medida.
Que amor é esse, que me oprime, me sufoca,  faz sentir-me má e hipócrita e que não posso ser feliz.
Tenho dó, sim ainda tenho, por que sei que não teve culpa pela sua volta, já havia fechado a porta e eu bati e pedi para entrar. Desculpas sei que já não aceita, porque seu coração eu vim machucar. Mas não adianta dizer em argumentos,  eu tentei por um momento, mas precisa entender. Amor não se obriga ele simplesmente nasce sem mesmo merecer. Por favor, vai embora, sai dessa inconformidade, deixa-me ainda viver. Você pode achar um outro alguém, ainda um dia amor de verdade sentir, porque o Amor que eu conheço, não é egoísta, não arde em ciúme,  e quer ver o outro feliz. Solte as amarras, jogue essa algema fora e não olhe para trás ao partir. Entenda, eu preciso ir. Sou como um pássaro livre que não se pode reter, se ficar assim eu morro e o que eu quero é somente viver.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

CHAMA VIVA



Abrasa a minha vida,
meu coração venha ascender,
chama incandescente que queima o interior da gente,
corre nas veias e não me deixa morrer.

Seu calor é fogo a penetrar,
no meu sangue chega a queimar,
paixão enlouquecida,
escorre como fonte de vida,
pra não se apagar.

É fogo abrasador,
vem em forma de amor,
não me deixa esmorecer,
deliciosa paixão,
que penetra meu ser
e me faz arder de prazer.
SIMONE PRADO



À luz da candeia
Um beijo assim
O corpo incendeia
Só é pena ter fim

É fogo que arde sem se ver
A chama o caminho ilumina
O lugar certo do prazer
Escondido no corpo de menina

Um lugar abrasador
Que dá lugar à faisca 
Causado pelo amor
Onde o desejo petisca!

Se a fez esmorecer
Foi porque não sentiu
Não deixou o a luz acender
Teve prazer mas não o viu!

Talvez tenha sido apressada
O fogo na torcida não pegou
São coisas de mulher apaixonada
Pelo momento certo não esperou?

PARTICIPAÇÃO EDUMANES

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

SE PUDESSE VER



O MEU BRILHAR QUANDO VEJO VOCÊ,
TALVEZ QUISESSE TOCAR,
E MEUS SONHOS TRANSFORMAR.
SE PUDESSE SENTIR AS BATIDAS DO MEU PEITO,
FICO ASSIM ATÉ SEM JEITO,
SE ESTÁ A OUVIR.
MEU DEUS,
SERÁ POSSÍVEL TANTO AMOR EXISTIR?
QUANDO VOCÊ CHEGA,
AS TREVAS VÃO EMBORA,
O QUE ERA ESCURO É AGORA,
UM COLORIDO A BRILHAR
É ASSIM TODAS AS VEZES QUE VEJO VOCÊ CHEGAR.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

São tantas coisas...alma cansada.



que me ofuscam a alma,
me fazem perder a calma

São tantas coisas que perco o controle e a direção,

sem saber o que pensar.
magoam e fazem sofrer meu coração,
e não sei o que dizer e o que fazer.

Que tiram minha razão,
dos erros que cometi,
lembranças tenho e me arrependo.
Daquilo que não lutei até o fim,
pensando que fazia o certo,
mas a vida não vem com um prospecto,
nem um livro de receita.
só se aprende na maioria das vezes com os erros,
e depois os concertos nem sempre vem como ferramentas,
em prol de nossa montagem.

Quando era jovem queria que os dias fossem longos para não perder nenhum segundo.
Agora me pergunto se vai demorar a acabar, se mais uma noite vou m
e deitar,
para que eu possa descansar a alma cansada.

AINDA BEM QUE AO AMANHECER DEUS VEM EM MEU SOCORRO E ME FORTALECE PRA CONTINUAR A CAMINHADA.



COMPLEMENTO DO MEU AMIGO EDU

De uma canseira assim
Você vai acabar triste
Do mundo não é o fim
Você é bela e existe.
Pensativa apaixonada
é assim que eu a imagino
Ao pensamento arreigada
Vá ao encontro do destino.
Mexa-se não fique aí parada
Não se arrependa do que fez
Siga a sua caminhada
Se quer ser feliz outra vez!
Me desculpa esta prosa falada
Estou para aqui sem saber o que dizer
A pensar na mulher bela apaixonada
Que continua parada à espera do amor aparecer?

FORA DO FOCO


Quantas vezes não estamos no foco,
não vemos determinadas coisas em nossas vidas com nitidez,
mas isso não quer dizer que elas não existam,
estão bem ali, a podemos sentir.
Outras, não a queremos enxergar ,
recusamos até em olhar,
mas elas permanecem onde estão.
A forma que vemos as situações,
o que desejamos, o que pensamos,
não faz serem menos ou mais importantes,
é apenas a forma que encontramos de viver.
(Simone Prado)

NAVEGANDO EM VOCÊ

NAVEGUEI NAS SUAS ONDAS
ME EMBALEI EM SEUS CABELOS
FUI COMO UM VELEIRO
VIAJEI EM VOCÊ.

VOCÊ ME LEVOU EM ÁGUAS PROFUNDAS
NUM MAR DE INTENSA ONDAS
SOU VIAJANTE
VAGUEANDO EM SEU CORAÇÃO.

NO LEME NÃO OUSO TOCAR
DEIXO ME LEVAR ONDE QUISER
ME ATRACAR
NUM LUGAR SEGURO
QUE ACALME AS ÁGUAS REVOLTAS
ONDE EU POSSA
SIMPLESMENTE DESCANSAR.


ASSIM VOCÊ É PRA MIM
UMA TERRA FIRME SEM FIM.


domingo, 20 de novembro de 2011

Nas suas ondas...



EU NAVEGUEI,
COMO UM BARCO PERDIDO.
VAGUEEI QUASE SEM MERO SENTIDO,
ME DEIXEI LEVAR,
NAS ONDAS FUI EMBALADA,
PERCORRI TODO SEU ESPAÇO,
DA CABEÇA, ATÉ ABAIXO,
SEM ME PREOCUPAR.
NAS SUAS ONDAS DEIXEI REPOUSAR.
NÃO TINHA REMO E NEM DIREÇÃO,
AS ONDAS ME LEVARAM ATÉ SEU CORAÇÃO,
QUE PASSOU A SER UMA TERRA FIRME,
ERA UM CAMINHO SEM VOLTA,
TIROU A CHAVE E TRANCOU A PORTA,
DESSE MAR DE EMOÇÃO,
DAS DELICIAS DA PAIXÃO,
DAS ONDAS SEM FIM,
UMA VIAGEM PRA MIM,
E NÃO QUERO MAIS VOLTAR.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

MOMENTO DE REFLEXÃO- compartilho a mensagem de hoje do meu curso de vendas do SEBRAE


Os Obstáculos



Por Roberto Reccinella

Certa vez um cão estava quase morto de sede, 

parado junto à água. 
Toda vez que ele olhava o seu reflexo na água, 
ficava assustado e recuava,

porque pensava ser outro cão.

Finalmente, era tamanha a sua sede,

que abandonou o medo 

e se atirou para dentro da água.
Com isto, o reflexo desapareceu.
O cão descobriu que o obstáculo
 - que era ele próprio- ,
a barreira entre ele e o que buscava,
havia desaparecido.
Nós estamos parados no meio do nosso
próprio caminho.

E, a menos que compreendamos isso,

nada será  possível em direção
ao nosso crescimento.

Se a barreira fosse alguma outra pessoa, 

poderíamos nos desviar. 
Mas nós somos a barreira.

Nós não podemos nos desviar 

- quem vai desviar-se de quem? 
Nossa barreira somos nós e 
nos seguirá como uma sombra.

Esse é o ponto onde nós estamos

 - juntos da água, quase mortos de sede.

Mas alguma coisa nos impede, porque 

nós não estamossaltando para dentro.

Alguma coisa nos segura. O que é?

É uma espécie de medo.
Porque a margem é conhecida, é familiar 
e pular no rio éir em direção ao desconhecido.

O medo sempre diz: "agarre-se àquilo 

que é familiar, ao que é conhecido".

E as nossas misérias, nossas tristezas,

nossas depressões, 
nossas angústias, nossos complexos,
nos são familiares, são habituais.

Nós vivemos com eles por tanto tempo e

nos agarramos a eles como se fosse um tesouro.

O que nós temos conseguido com isso?

Será que não podemos renunciar
às nossas misérias?

Já não vivemos o bastante em elas?

Será que já não nos mutilaram demais?

O que nós estamos esperando?

Esse é o caso de todos nós.

Ninguém nos está impedindo.

Apenas o próprio reflexo entre nós e 

o nosso destino, entre nós como uma semente 
e nós como uma flor.

Não há ninguém nos impedindo,

criando qualquer obstáculo.

Portanto, não continuemos a jogar

a responsabilidade nos outros.

Essa é uma forma de nos consolar.

Deixemos de nos consolar, deixemos

de ter auto-piedade.
Fiquemos atentos.

Abramos os olhos.

Vejamos o que está acontecendo 

com a nossa vida.

Escolhamos o certo 

e decidamos dar o salto.
(Extraído do livro "Antes Que Você Morra", de Osho Rajneesh).

 

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

PEQUENAS COISAS, GRANDES GESTOS...

PARA VOCÊ QUE PASSA POR AQUI, COM SUA PRESENÇA A ME PRESENTEAR,
SEUS GESTOS PODEM PARECER PEQUENOS MAS MUITO VEM ME ALEGRAR.
SÃO COMO ROSAS A ENFEITAR MINHA VIDA, COM PALAVRAS DE CARINHOS E ISENTIVOS A ME MARCAR, DEIXANDO FRAGRÂNCIAS PERFUMADAS  EM TODO O AR.
COM VOTOS DE FELICITAÇÕES, PALAVRAS DE CARINHOS A ME OFERTAR, SINTO MEU CORAÇÃO A TRANSBORDAR QUANDO VOCÊ VEM POR AQUI PASSAR. NÃO TENHO COMO AGRADECER E NEM CONSEGUIRIA ME EXPRESSAR MAS SUA PRESENÇA É INIGUALÁVEL E ME SINTO REVIGORAR.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Voltarei em breve!

Olá queridos amigos! No momento estou me mudando de cidade devido a não adaptação de minha filha. Vou ficar uns dias sem net, mas já estou com saudades de todos e de postar. Assim que puder estarei de volta. Sinto a falta antecipada das minhas caminhadas na praia, volto para uma cidade que possui outras qualidades. Mas sentirei saudades de Angra dos Reis. Ainda bem que as cidades são bem próximas, para quando bater a saudade dar uma fugidinha. Quando temos filhos temos que nos adequar as necessidades deles e muitas vezes passar por cima de nós mesmos. Um super beijo a todos e até breve.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

QUANDO VOCÊ CHEGA


TUDO É TÃO DIFERENTE, A NUVEM NEGRA SE DISSIPA,
A ESTRADA PARECE MAIS LIMPA E COM MAIS SABOR.
ATÉ AQUELA COMIDA AMARGA FICA DOCE,
O MEDO VAI EMBORA E A ROSA EM MIM AFLORA COM MUITO MAIS PERFUME.
O SORRISO SURGE COMO MÁGICA, O CORAÇÃO SE ALEGRA COM GRAÇA
 E O SOM
DE SUA VOZ SE TORNA SINOS A TOCAR.
QUE PODER É ESSE QUE EXERCE AO CHEGAR?
DÁ VONTADE DE PULAR DE ALEGRIA,
ROLAR NA GRAMA FEITO CACHORRO COM BOLINHA A BRINCAR,
AI QUE DELICIA QUANDO VEJO VOCÊ CHEGAR.

POR QUE FUGIR?


Por que fugir ao invés de enfrentar,
por que o confronto vem me incomodar?
Correr para longe para  refletir,
quisera ficar e agir.
As vezes  me dizem verdades que eu não quero ouvir,
tenho fraquezas e imperfeições,
sou apenas um ser humano sem provocações.
Se a vida fosse perfeita, perfeito também haveríamos de ser,
mas as vezes também sou frágil quando não deveria ser.
Falamos verdades por ser fácil o fazer,
mas quando é conosco não sabemos o que dizer.
Parecemos tão inteligente, até um ditador,
na escola do amor fazemos arte e parecemos o autor.
Sou tão forte, mas tenho agido com fraqueza,
na sensibilidade de uma rosa a despetalar,
quero tantas vezes ficar quieta sem nada a me importunar.
Talvez seja por isso que corro a me esconder,
quando deveria lutar ou mesmo morrer em batalha,
a minha tese defender.
Mas tantas vezes saio sem dizer nada,
sem os aplausos merecer.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Doce deleite




Tenho você em meu peito com todo o meu apreço,
ainda que não pareça ser possível o meu querer,
mas é difícil te esquecer.
Tantas foram as etapas em relação a você,
hoje já mais calma precisei me conter.
Foi um sonho lindo de amor,
onde te recebi em forma de flor,
chorei nos momentos de solidão,
mas grande foi o amor em meu coração.
Hoje talvez a amizade tenha sido o que mais sobreviveu,
já não sei onde separar você e eu.
Sei que o tempo se passou e que aqui ainda estou,
porém já não há mais sofrimento,
apenas me deleito nesse momento
em relembrar quando em meu peito você chegou.

APENAS UM PEDAÇO


Um pedacinho de mim quero encontrar,
seja onde for, em qualquer lugar.
Um pedaço a me completar,
para que em pedaços não venha a ficar.


Um pedacinho pra não me esconder,
me encontrar até o amanhecer,
para me acalentar em seu peito,
e pensar nem tudo está desfeito,
foi só um parecer.


Apenas um pedaço do que eu fui,
precisa sobreviver,
para não andar por aí sem minha identidade,
esquecendo-me da verdade,
desse lindo viver.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Quem pode sonhar meus sonhos?

Quem poderá sonhar meus sonhos?
Se eu não sonhar e determinar, dentro de mim o que me faz feliz?
Não serão palavras, não serão pessoas, não serão convicções...se meu coração não servir para me direcionar como uma bússola a me guiar. O triste que o coração é enganoso, então, em que sonhar?
Perdida estou em meio ao mar, melhor seria desse sonho não acordar, se com os olhos não puder contemplar o que o amor me pode levar. Então vou andando sonhando com medo de olhar, se com meus olhos não puder ver, no fundo de seus olhos que lá estou em você.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

DE DEGRAU EM DEGRAU

Vamos em rumo as nossas conquistas e vitórias.
Saudades tenho desse meu cantinho e de todos. Espero poder voltar em breve e poder responder esses votos a cada um que está do meu lado nos bons e maus momentos. UM SUPER BEIJO PARA TODOS.