terça-feira, 20 de dezembro de 2011

NO BALANÇO DAS HORAS



Me aquieto e peço calma,
meu coração se aperta pelas minhas impossibilidades,
num sonho que me inquieta e me faz sofrer,
das coisas que não recebo,
talvez por não merecer.


NO BALANÇO DAS HORAS,
conto os dias, as horas,
os minutos e segundos,
que me separam de você.


Passam longos dias,
que já virou ano,
de um amor que chegou
e não deseja partir,
pois foi tão puro e lindo,
jamais pensei existir.


No tic e tac do relógio,
as vezes eu choro,
pedindo baixinho,
para um milagre acontecer,
e no seu abraço apertadinho,
só eu e você.

7 comentários:

  1. Um poema de amores e saudades que se sentem e que nos tocam de uma forma mais intensa nestes tempos de reflexão.

    ResponderExcluir
  2. Excelente balanço das horas expresso em belas palavras! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Amiga Simone, lindo poema romântico.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o blog, os textos, a estética, tudo...parabéns! Sorte minha ter encontrado um espaço tão aconchegante...já estou seguindo e pretendo voltar sempre, se puder me dar uma força também e seguir eu ficaria grato...
    www.paullolenore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. No balanço das horas a sonhar,
    No tic-tac do relógio a esperança
    Sua caminhada continuar
    Para uma feliz e risonha mudança.
    Continua não desanima
    Luta por aquilo que desejas alcançar
    És mulher, ainda, menina
    Tua felicidade não deixes abalar!
    Nos teus abraços, nela segura
    A mantém bem apertadinha
    Mesmo que a noite esteja escura
    Junto com ela fica quietinha!
    Mostra teu sorriso
    Nos teus lábios o quero ver
    Nos teus olhos o brilho
    No teu rosto beijos vais receber!
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia prezada amiga,
    Venho agradecer o seu carinho, atenção e compreensão durante este ano que foi coberto de lindas rosas e com alguns espinhos, que me ajudaram a crescer e a compreender ainda mais o valor da minha vida!
    Amiga muito obrigada por cada uma de suas carinhosas visitas, sua companhia, sua presença e sua força e apoio.
    Quero pedir desculpas pelo meu silencio, mas gostaria que soubesse que não foi proposital! Mas por conta de alguns desafios que a vida me trousse.
    Gostaria de lhe desejar um Santo Natal e que o Ano 2012 venha coberto de muita paz e Amor!
    Gostaria de lhe oferecer o selinho de Natal , tem dois pode leva-los ou escolha o que mais gostar, tem também o selinho de 400 seguidores que fiz com muito carinho!
    Dentro do mundo magico do coração quero muito lhe agradecer por tudo! Muito Obrigada de todo o coração!
    Tenha um lindo dia!
    Abraço Amigo!

    ResponderExcluir
  7. NO BALANÇO DAS HORAS,
    conto os dias, as horas,
    os minutos e segundos,
    que me separam de você..

    perfeito querida..quero-te desejar tudo de bom e todo o amor e carinho do mundo nesse Natal..bj...te adoro.

    ResponderExcluir