quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Lágrimas de solidão

Q

Quão triste são essas lágrimas,
chamadas de solidão,
chegam de mansinho alagando o coração.

Parece que o fim do mundo chegou,
perde-se a visão do amanhã,
somente o momento de intensa dor,
onde nos sentimos tão só.

Nessas horas os dias de alegria parecem esquecidos.
Quem foi que essas lágrimas nunca derramou?
Talvez aquele que nunca amou.

Lágrimas de solidão que escorrem pelo chão,
trazendo na mente da gente momentos de solidão.
Águas derramadas como um mar abundante,
mas em menos de um instante olhamos o horizonte,
levantamos a cabeça e seguimos adiante.  

8 comentários:

  1. Acabei de postar em meu blog um pequeno poema sobre solidão. Deixe sua marquinha lá sobre o que acha que é solidão. Gostei das suas palavras. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga Simone, lágrimas de solidão é algo que marca profundamente o ser humano.
    Um abração. Tenhas uma linda noite.

    ResponderExcluir
  3. Oi Simone,

    até falando de solidão tua rima faz companhia ao bom gosto e ao talento, rs.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. É na solidão que nutrimos o que se transforma em realidade...
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Seu jardim bem tratado
    A razão para isso encontrei
    Cuida dele Simone Prado!
    Que bom foi te conhecer?

    Embora seja virtual
    Podemos ser amigos a valer
    Tu no Brasil e eu em Portugal
    Em rima estou a escrever.

    Fico contente pela notícia,
    Goza bem as tuas férias
    Com saúde, paz, amor e alegria
    Na praia tem cuidado com as falésias!

    Desejo para você, umas férias inesquecíveis.
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Desculpa não ter percebido,
    Porque não faço o uso da maldade
    Sou respeitador não atrevido
    Afastada das bolas da verdade

    A isso te referias
    Meu pensamento onde andaria
    Pela minha ignorância não te rias
    Em qualquer lugar serás boa companhia.

    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  7. kkkkkkkkkkkk...vc é demais.....tenho que rir desse diálogo tão saudável....

    ResponderExcluir