segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Doce deleite




Tenho você em meu peito com todo o meu apreço,
ainda que não pareça ser possível o meu querer,
mas é difícil te esquecer.
Tantas foram as etapas em relação a você,
hoje já mais calma precisei me conter.
Foi um sonho lindo de amor,
onde te recebi em forma de flor,
chorei nos momentos de solidão,
mas grande foi o amor em meu coração.
Hoje talvez a amizade tenha sido o que mais sobreviveu,
já não sei onde separar você e eu.
Sei que o tempo se passou e que aqui ainda estou,
porém já não há mais sofrimento,
apenas me deleito nesse momento
em relembrar quando em meu peito você chegou.

8 comentários:

  1. ¡Hola!!! Simoné o Simone... Enhorabuena por esta preciosa poesía.

    Denota un pizco de nostalgia, quizá de ese amor que ya no está cerca de tu pecho.
    Y que has sido feliz cuando lo estuvo, aunque ya no sientes sufrimiento, siempre recordarás esos momentos y recoerdos felices que con ellos también vivimos. Nunca olvidamos los instantes de felicidad. Gracias por compartir tus letras. Un abrazo y se muy feliz.
    Te dejo mi gratitud y estima.

    ResponderExcluir
  2. Quando vivemos momentos bons na nossa vida devemos guarda-lo em nosso coração, não com tristeza, mas sim com emoção por ter tido a oportunidade de intensamente ter sentido o lado bom do amor. Não esqueça, apenas faça com os adesivos luminosos em que colocamos no teto sabe? Pra de vez enquanto você olhar pro céu do seu quarto e ver que tudo está lá brilhando pra te iluminar. beijos lindona

    ResponderExcluir
  3. Boa noite querida!
    Seu blog está cada dia mais florido...
    Texto cintilante nas palavras...
    Bjssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Olá Querida. Estou aqui agradecendo todo seu carinho. Está lindo tudo aqui! Belo poema. È sempre bom relembrar os belos momentos. Há vida é isso! Bjos e obrigada sempre. Linda semana!

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito do original doce de leite feito em casa pela mamãe:)))Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  6. Que saudade minha querida.. ! Quanto tempo sem vim aqui.. ler-te foi um prazer. Que encanto essa poesia, amei o final que afinal me comoveu (:

    Beijo amiga, tudo de bom pra você e sua família.

    ResponderExcluir
  7. ...muito bom...bonito...vivo...sensível...
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  8. No seu peito bem merece
    Uma linda rosa colocar
    O amor que não esquece
    Seus lábios deseja beijar
    Junto daquela flor
    Seu perfume cheirar
    Sentir do seu peito calor
    Com amor seu corpo abraçar
    Na mais verdadeira paixão
    Ver seus olhos de alegria brilhar
    De felicidade sossegar o seu coração.

    Desejo um bom dia de terça-feira,
    com muita paz no seu coração.
    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir