terça-feira, 18 de outubro de 2011

SOLDADOS DE GUERRA.



Remei e remei achando outra terra alcançar,
não quis olhar para trás, lá não era o meu lugar.
Lutei, fui como soldado de guerra,
com sorte teria machucado apenas a perna.
Não sei se quando vencemos a batalha se realmente somos vencedor,
olhei para dentro de mim e descobri que quase nada restou
Não entendo essa vida,
tantos acham que passamos pela prova para amadurecer,
não sermos levados por vãs emoções e não derramar lágrimas de frustrações.
Ser forte,  quase um herói mas em meio as fortalezas ainda existem meras fraquezas.
Com aquela cara de querer baixar a guarda, descaçar dos ombros as armas e relaxar.
Não quero as palmas e nem congratulações, quero ser heroína de mim mesma  de chegar ao fim da batalha sem deserdar, envergonhada  e ferida com medo de chegar.
Quero apenas um abraço de quem chegar na minha frente e se alegrar  a minha espera por caminhar sobre as minhas próprias pernas com a ajuda do meu Senhor. 
Levando nos ombros ou mesmo estar sobre algum ombro, um amigo. Assim como eu também ferido,  porém vivo DESSA GRANDE GUERRA chamada GUERRA INTERIOR.

9 comentários:

  1. Pois é minha amiga
    Sua guerra é lutar
    Mas há quem diga
    Que por vezes é melhor parar
    Mas quem luta por uma causa merecida
    Não deve fracassar
    Para que possa sua vitória cantar
    Você é corajosa, tem vontade de vencer
    Acredito que sim, ponha sua capacidade à prova
    Tenha cuidado quando o inimigo aparecer
    Seja forte, e lute até ele se considerar vencido
    Encaminhe-o para a fortaleza
    Depois de uma luta cansativa, de uma guerreira
    Vencedora, de um guerra justa terá disso a certeza
    Que valeu a pena lutar
    Como a sua guerra é interior
    Você é a fortaleza do guerreiro aprisionado
    Que em seus braços será
    Apaixonadamente condenado.

    Desejo para você amiga Simone Prado,
    Linda noite, sem guerras com muito
    amor e paz, linhos sonhos, que a façam feliz.

    Um beijo
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  2. Simone, querida
    Muito lindo seu poema.
    Verdade, todos os dias travamos grandes lutas. Mas como diz o poeta: é de batalhas que se ganha a vida; esmorecer, jamais.E a vitória tem um outro sabor quando conseguimos por nosso próprio esforço.
    Passei para dizer que fiquei feliz em tê-la entre os meus seguidores.
    Tenha um noite de paz e luz.
    :D
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Simone. Está tudo tão lindo por aqui. Belissima imagem! O poema é lindo e verdadeiro, pois a vida não deixa de ser uma grande batalha que enfrentamos dia a dia. Más com esforço, fé e sabedoria vencemos. Bjos e todo carinho pra vc querida!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Simone, muito bonito o poema. Gostei muito!
    Beijinhoss XD

    ResponderExcluir
  5. Minha querida

    Passei e gostei de tudo o que li e tomei a liberdade de seguir para poder voltar mais vezes.

    Deixo um beijinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  6. Um poema lindo sobre as lutas interiores em que devemos sair vencedores...
    Vencedores por nós!

    ResponderExcluir
  7. Hola Simone ! un texto muy profundo.Toda lucha , toda batalla conlleva heridas , pero las heridas cicatrizan y sguimos preparados para nuevos frentes , que la vida inexorablemente nos presenta.Gracias por tus palabras y comentarios , siempre alentadores , compañera de palabras.Saludos poéticos.

    ResponderExcluir
  8. Todos temos alguma guerra no interior, mas o importante é ser heróis da nossas esperanças. Gostei muito do teus textos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. O mais Importante é Resgatar o seu Melhor Amigo se ele tá ferido,Quem achou Verdadeiro Comentem *-*

    ResponderExcluir