segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Encontrei



Pétalas de rosas por onde passei,
mas também os espinhos encontrei.
Encontrei ,
um ombro amigo  onde me debrucei,
mas também palavras  contrárias,
também as achei.
Encontrei sonhos que ainda não haviam sido realizados,
mas também os que precisei deixar de sonhar,
esses também encontrei.
Encontrei,
amores eternos, paixões enlouquecidas,
esse também encontrei em minha vida.
Mas também se foram,
e a solidão também encontrei.
Encontrei com as pedras, com os montes,
isso também encontrei,
mas também encontrei a perseverança.
encontrei a alma de algumas crianças,
isso também encontrei.
Encontrei com a luta, com a determinação,
ahhhh! Um novo amor também encontrei.
Mas também encontrei a distância,
mas mesmo assim me apaixonei.
Mas com o tempo que se passa,
isso também encontrei.

4 comentários:

  1. Oi Simone,

    não poderia haver melhor encontro...

    Tão linda a forma como versou. Parabéns!

    Ótima semana para você!

    ResponderExcluir
  2. Oi Simone, saudades daqui. Lindo e verdadeiro seu texto, parabéns.Tudo de bom pra você, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Que bom para você,
    Esse caminho por onde passou
    Sente a felicidade e vê
    As crianças que abraçou
    Encontrou novo amor
    À distância mesmo assim se apaixonou
    Numa luta determinada
    Pétalas de rosas e espinhos
    Num ombro amigo se debruçou
    Paixões enlouquecidas
    Para se não picar, os espinho deixou

    Para dizer a verdade sua falta
    Aqui estes dias se notou
    Ausência por justa causa
    Tendo sido justificada, não se condenou.

    Um beijo Eduardo.

    ResponderExcluir
  4. Vistando, lendo e me encantando, inté!

    ResponderExcluir