sábado, 17 de setembro de 2011

Tempo de escravidão.



Uma vez me falaram que um escravo depois de liberto,
não sabe o que fazer com sua carta de auforria, devido ao tempo vivido como escravo.
Não estou falando somente nesse sentido, porém no sentido espiritual.
Depois de libertos, muitas vezes sentimos falta do tempo de escravidão. Por que não sabemos o que fazer da nossa libertação. Quantas vezes olhamos para trás, relembrando de coisas que nos davam entre "" alguma alegria. Nos contentamos com as migalhas quando já não se tem mais corrente em nossos pés e em nossas mãos, simplesmente pelo fato de se ter passado longo tempo na escravidão. Assim como o povo depois de ter saído do Egito, se lamentando dos tempos de cativeiro na passagem pelo deserto. (Êxodo). Ainda hoje somos assim. Estamos acostumados com a serventia e tendemos a querer voltar pra ela. Vai se entender...hoje tenho certeza que isso acontece.

4 comentários:

  1. Com todo o respeito, discordo. O ser livre escolhe o seu caminho à sua maneira. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. concordo..e eu vivi isso..agente se acostuma a estar com alguém e de repente tem que mudar tudo..e agente resiste á mudança..faz a travessia no deserto..bj querida..

    ResponderExcluir
  3. Bom dia querida amiga!
    Está aqui pela terceira vez,visitando seu espaço do qual gostei demais...encontrei conteúdo...
    Já tinha passado por aqui mas sai com pena pq não consegui ser seguidora,mas hj o dia me deu essa chanse,kkkkkkkkkkkkk,estou feliz...
    E quero dividir com vc...voltarei mais vezes ok!
    bjsssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Concordo que assim seja, aliás é assim com todos os seres; por exemplo um pássaro que viva em cativeiro não sobrevive em liberdade! Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir