domingo, 25 de setembro de 2011

SONHO DISTANTE


DE TODOS OS MEUS SONHOS,
DO QUE NÃO CONQUISTEI,
COM VOCÊ ME DEPAREI.
O QUERER QUE SOBREVIVE 
EM MEIO AS CIRCUNSTÂNCIAS ADVERSAS.
O AMANHÃ QUE SEM TI DESPERTA.
O QUERER QUE É SOMENTE UM QUERER,
DOS CONTRATEMPOS QUE NÃO POSSO TER.
DO OLHAR DE UMA CRIANÇA NUMA VITRINE DE BRINQUEDOS,
E O PAPAI E A MAMÃE DIZENDO QUE NÃO O PODE DAR.
ASSIM ME SINTO TE QUERENDO SEM PODER TE TOCAR.
DO OLHAR TRISTE, DO SIMPLES AQUIETAR,
DE UM CORAÇÃO QUE DESEJA SOMENTE AMAR.
DA CONFORMAÇÃO QUE AS VEZES SE REVOLTA,
DA ESPERANÇA QUE NEM SEMPRE VOLTA,
DA DOR QUE CHORA MEU QUERER,
FICO CABISBAIXA,
PENSANDO NÃO MERECER.

6 comentários:

  1. Nossa Simone, esse aí arrasou!
    Que poetar incrível hein! Beeijos querida!
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Está muito lindo!
    O amor deixa-nos assim!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá, parabéns pelo lindo blog, já estou seguindo e aproveito para convidá-la à participar do meu blog. Me add tb no facebook, estou como Bolo Doce Bolo Buffet.Bjs e sucesso!!!

    ResponderExcluir
  4. Desejar e não ter
    Também não poder tocar
    De somente um querer
    Não ter ninguém para amar
    Desanimada viver
    Com esperança de encontrar
    Sua tristeza vencer
    Não vale a pena chorar!
    Se lágrima deitar
    Não a impeça de correr
    Seu caminho procurar
    E muito feliz viver.

    Desejo uma boa noite para você,
    Simone Prado,
    Um abraço
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  5. Passei para cumprimentar,
    E, sua simpatia agradecer
    Pelas palavras que foi deixar
    Tão simpáticas
    Que as não posso esquecer.
    Seu talento admiro,
    Sua forma de elogiar
    Por isso contente fico
    Meu beijo lhe vou enviar.
    Uma boa tarde para si
    Sinto a sua sinceridade
    Nas suas palavras que li.

    Eduardo.

    ResponderExcluir