quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Edumanes (EDUARDO) meu amigo poeta

No embalar do vento
Corpo feliz se sente
De tudo o que se passa no tempo
Que o amor não esteja ausente
Desta alegre poesia
Dos galhos quebrados
Viver com saúde e alegria
E com o amor nos seus braços!
Juntinho ao coração
Sentir o seu calor
Mesmo que seja na escuridão
Não perde o seu valor!

Para você, Simone Prado,
Sua elegância tem valor
Já a tinha imaginado
Botão de rosa em flor!



http://nascinoalentejo.blogspot.com/


Seus comentários em versos e rimas,
 faz sentir-me como menina.
Deixam meus cabelos soltos ao vento,
se preciso durmo ao relento.
Sinto a brisa do vento trazendo-me frescor,
recebo sua amizade em forma de flor.


(simone prado)

4 comentários:

  1. Que prosa mais deliciosa! Aplausos aos poetas!

    ResponderExcluir
  2. não é gostoso esse carinho minha amiga? Que a alegria nunca se faça realmente ausente da tua poesia. Parabéns aos dois, um pela homenagem e a você pela inspirada resposta.
    Beijokas doces e obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga!
    Primeiro do que tudo quero falar dessa alma tão sensível que é a sua...o Edu tem o poder de cativar com palavras lindas e rima como ninguém...as vezes escreve em forma de música...eu amo de todo jeito,kkkkkkkk,tenho o coração fraco,assim como o seu...
    Parabéns prá vc e prá meu amigo Edu...
    bjsssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Em forma de flor,
    Obrigado, Simone Prado
    O vento me trouxe seu odor
    Ele me embriagou de alegria
    Por um louvor não esperado
    Quando o li, vontade de chorar sentia
    Pela felicidade no momento
    Que nossa amizade não seja quebrada
    De um gesto delicado com carinho
    No meu coração fica guardada
    Como lhe agradecer não sei
    Já a tinha imaginado
    Linda e tão bela
    Por me ter homenageado
    Nunca mais a esquecerei
    O meu sincero obrigado
    Nossa amizade comemorada
    Com um beijo Simone Prado.
    Para sempre Eduardo.

    ResponderExcluir