quinta-feira, 11 de agosto de 2011

ANONIMATO

Saia do anonimato,

mostra seu rosto,
assim coladinho no meu,
num beijo fotográfico,
para o mundo ver,
quem é o amor,
que me fez voltar a viver.


Saia do anonimato, vai deixe de suspense,
deixe o nosso sorriso fazer a diferença.
Deixe a nossa alegria surpreender,
vai, saia do anonimato,
deixe-se se vê.


Quero te mostrar pro mundo,
quero você, assim, por inteiro.

quero amar sua face,
seu corpo,
sua pessoa,
quero te amar livre e numa boa.
Vai, percorre logo essa distância e 
venha me ver. 



Um comentário:

  1. simone que lindos versos quantos amores existem que presizam resguardar a identidade,que gostariam de deixar que todos visem o seu sorriso o brilho de seus olhos,mas precisam caminhar nas sombras onde o sol nunca brilha,lado a lado com a tristeza
    um grande abraço com carinho marlene

    ResponderExcluir