quinta-feira, 30 de junho de 2011

Sonho de inverno



Sonhei que no frio de uma noite,
no caminho deserto,
uma vida a caminhar,
num sonho desperto.


Sentia frio, medo! 
Buscava na garoa uma solução,
para o tão triste coração, a soluçar.


Pesava em você, no seu abandono.
Como é bom e mal o recomeçar de sonhos.
As vezes o cansaço vem e abate , um tipo de fracasso,
de tristeza a incomodar.


Caminhei por horas somente a pensar.
Quantas vezes precisamos de voltar na estrada da vida,
e recomeçar. As vezes aquela esperança bate na porta,
e as imagens persistem em sonhar novamente.
Uma dor que rasga o coração da gente.


Sentei-me num banco frio e molhado,
vi as árvores desnudas, o agasalho não mais me aquecia,
descobri, que até minha alma, estava fria.


Levantei-me, suspirei bem fundo e olhei para frente,
descobri que isso faz parte de tudo, e olhei novamente para o mundo.
Arfei meu peito, olhei para o alto, alguns raios de um sol que não aquecia,
mas tudo bem, aquele era um novo dia.
O inverno vai passar, e quando o verão chegar, vou estar aquecida novamente,
com outros pensamentos, com outros sonhos....


Acordei, era tudo um sonho, você ainda está aqui.

2 comentários:

  1. Olhar para frente deve ser nosso objetivo principal, mas de vez em quando é bom parar e refletir, dar uma olhadinha para trás.
    O passado pode ser um lugar bonito para se visitar de vez em quando.
    Muitas coisas que aconteceram lá no passado servem para aquecer o coração num dia frio e meio assim...tristes.


    linda poesia.

    tenha uma ótimo dia...

    Nina


    visite o blogue:

    http://devaneios-fragmentos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Bom dia amiga, vim agradecer a voce por sua linda presença no meu cantinho e fazer parte dos meus 200 seguidores! Venha pegar o selinho dos 200 seguidores que eu fiz com muito carinho. Tenha um lindo dia
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir