terça-feira, 7 de junho de 2011

Por que falo do amor


Por que sou romântica, não importando meus 42 anos de idade.
Por que guardo meu coração como criança sem vergonha nem intimidade.
Falo de mim mesma sem vergonha de nada, autenticidade também faz parte de meu viver.
Tenho vergonha do que não fiz, das coisas que não lutei, das vezes que não acreditei em minha capacidade ,
de ter ficado quando queria ir. De ter desistido quando deveria ter lutado. Hoje em muitas coisas que vivi, não posso voltar a traz e desfazer, ou simplesmente apagar ou deletar. Posso pedir perdão aos que magoei, e aqueles que partiram e não pude pedir, pedi para Deus. Melhor seria não pecar para depois não ter que concertar, mas sou humana e cheia de defeitos assim não dá para disfarçar. Tive um dia um encontro com Deus e Ele mudou todo meu viver, mas como Ele não é mágico, hoje tenho que me conhecer. Sei que ele está ao meu lado, nessa busca contida de me encontrar, mas Ele não se intromete no que só eu posso acertar. Tenho a minhas escolhas e procuro caminhar, mas ser feliz é minha meta e o verdadeiro amor encontrar. Falo do amor, por que ainda creio que o vou redescobri, aquele que ao meu lado vai caminhar. Espero esse dia com intensidade, por que não fui feita para estar só. Algumas pessoas felizes estão sem um amor no coração, mas eu quero esse dia viver e até quando isso acontecer, fico aqui a escrever para você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário