quinta-feira, 16 de junho de 2011

MARCAS


Passamos muitas vezes deixando marcas por vidas,
algumas boas e outras não.
Para alguns passamos despercebidos por que fingem não nos ver,
fingem não nos sentir, com medo de viver.
Quantos vezes perdemos um grande amor por medo de sofrer,
lá na frente sentimos que não dá para voltar atrás e recuperá-lo,
ele já se foi, deixa pra lá.
Quantas vezes não vemos a lágrima que caiu,
que a nossa mão não enxugou por medo de se queimar.
Lamentos do que não soube aproveitar.
Quantas vezes somos marcados e precisamos nos curar,
paixões mal resolvidas não nos levam a nenhum lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário