quinta-feira, 16 de junho de 2011

Deixe-me tocar em você.



Assim como o vento te fazer estremecer.
Deixa-me falar de amor ao seu ouvido,
sinta o meu suspiro até se perder.
Não fique tão arrepiado, adoro você.


Deixa que eu fale de sentimentos,
embale no momento, deixe-se perder.
Estreitá-lo em meus braços,
até te enlouquecer.


Leve-me com jeitinho,
para o nosso ninho,
assim bem de mansinho,
 até adormecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário