terça-feira, 31 de maio de 2011

ENCONTRO


NA SOLIDÃO ME BUSCO,
REVEJO SENTIMENTOS,
DEIXO CURAR AS FERIDAS,
LIBERO MINHA ALMA LIVREMENTE.


EM MEIO A SOLIDÃO SEMPRE ME AVALIO,
ME ARREPENDO, ME ESGUIO,
PROCURO ENTENDER MEU CORAÇÃO.


A SOLIDÃO É MINHA COMPANHEIRA,
ESCUTO O PRÓPRIO SILÊNCIO E ME DELICIO DE CONTENTAMENTO,
COMO É BOM PODER ESTAR SOZINHA EM ALGUM MOMENTO.


PODER OUVIR O BARULHO DAS ONDAS,
VER O CÉU AZUL,
FALAR COM DEUS,
AVISTAR O  HORIZONTE,
O SOL AO LONGE,
QUE INTENSO PRAZER.


NA SOLIDÃO ME ENCONTRO,
PROCURO ME ENTENDER,
E FICO EM SINTONIA COM MEU INTERIOR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário