domingo, 29 de maio de 2011

COISAS FRAGEIS

NA FRAGILIDADE DA VIDA BUSCAMOS COISAS PALPÁVEIS,
PORÉM MUITAS DELAS BASTAMOS TOCÁ-LAS PARA NÃO EXISTIREM MAIS.
AQUELA IMAGINAÇÃO MEIO PRECOCE, AQUELE SENTIMENTO INSISTENTE,
FAZENDO DA NOSSA MENTE UM ESCRAVO.
APENAS UM TOQUE PODEMOS QUEBRAR UMA PEÇA RARA,
UM SENTIMENTO PROFUNDO DESABAR,
COM APENAS UMA PALAVRA.
HOJE PODEMOS POSSUIR, AMANHÃ ISSO NÃO MAIS EXISTIR.
OUTRAS NADA TER E AMANHÃ SERMOS DONO DE TANTAS COISAS,
MATERIAIS OU NÃO.
TEMOS TAMBÉM A FRAGILIDADE DE UM SER,
DE SENTIMENTOS QUE CRESCEM E DEPOIS VEM SE PERDEREM.
BASTA APENAS UM TOQUE E UM QUERER,
TANTAS COISAS DEPENDE DE MIM E DE VOCÊ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário