quarta-feira, 20 de abril de 2011

Olhar adiante

Sim, olho o adiante, assim como uma águia, que vê o que muitos não veem.
Sim olho para o universo,
confirmo meus sentimentos em versos,
para simplesmente viver,
o que se vai dentro do meu ser.
Sou como a sintonia do vento,
assim expresso meus sentimentos,
num eterno momento de prazer.
Sim, a poesia transforma meu viver.
Faz de momentos tristes e desiludidos, os momentos jamais esquecidos,
de deixar Deus me transformar,
para te mostrar que Ele tem poder.
Sim, falo de versos eternos, de amores singelos, verdadeiros e reais.
Sim, sou assim!
Se não podem entender,
apenas sintam nas letras o meu querer.
Sou aquele que simplesmente coloca sentimentos,
no que muitos não tem prazer.
Se hoje não foi, se algo está difícil de alcançar,
se tivemos desencantos e temores,
de certo um dia acabará.
Depende somente de nós,
deixar o melhor de Deus acontecer em nossas vidas,
deixar Ele sarar nossas feridas,
pra continuarmos na estrada dessa vida.
Quantas vezes não somos curados, porque não o deixamos curar,
não deixamos Ele entrar,
não o convidamos pra sentar.
Onde queremos chegar?
Se com Ele não caminhar,
para que possamos enxergar que o melhor de Deus ainda está pra chegar.

Um comentário:

  1. É esse esperar de Deus que me mantém viva e com esperança em saber que Nele posso confiar e tudo o que for pra mim virá, basta esperar...lindo amiga! amei...

    ResponderExcluir