quinta-feira, 14 de abril de 2011

AS FLORES TAMBÉM CHORAM


Hoje vi uma lágrima a cair,
não era minha era de uma rosa,
e descobri que as flores também choram.

Choram pelo amor mal correspondido.
Choram pela separação de duas almas que se amam.
Choram pela solidão, pela dor, pela tristeza de um grande amor.

Sim, as rosas se calam,
diante de sentimentos tão sinceros,
de amores eternos,
de sonhos não realizados.

Não quero ver chorar uma flor,
quero que elas sejam símbolo de alegria,
de ofertas todos os dias,
para alegrarem um coração que chora.

(Simone Prado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário