sábado, 12 de março de 2011

TODOS OS DIAS.

Todos os dias ao anoitecer eu desejo você.
Todas as minhas noites eu sonho que nos seus braços estou a adormecer.
Imagino que vou fechar meus olhos e nos seus ombros descansar,
que ao amanhecer, quando acordar, vou ver você a me olhar.
Não terei pressa pra da cama se levantar,
pois nada mais irá importar.
A pressa vai ter partido, a ansiedade não vai me afugentar,
e que seremos donos do tempo, e vamos fazer ele parar.
Sei que dentro de mim, quase nem vou acreditar,
não quero que me belisque para acordar, apenas vou querer que me beije e
venha a mim desejar.
Que nunca venha a me abandonar, pois essa espera quase chegou a me matar.
Quero ter a certeza de somente com você estar e que a caminhada seja bem mais lenta,
sem pressa de chegar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário