terça-feira, 1 de março de 2011

SOLIDÃO CRUEL


SOLIDÃO CRUEL QUE AMARGA MINHA BOCA
QUE APERTA EM MEU PEITO E ME MALTRATA.
SE EU PUDESSE TE PEGAR E LONGE DE MIM TE JOGAR,
OU CORRER PARA VOCÊ NÃO ME ALCANÇAR.

SOLIDÃO BANDIDA QUE ME INFERNIZA,
LUTAS CONSTANTES PARA DE VOCÊ ME LIVRAR,
VÁ EMBORA DE MINHA VIDA POIS NÃO QUERO MAIS CHORAR.

QUERO É SER LIVRE E A ALEGRIA FAZER PARTE DE MEU VIVER,
SAI SOLIDÃO CRUEL POIS EU QUERO É O CÉU
E A VOCÊ NÃO MAIS PERTENCER.

Nenhum comentário:

Postar um comentário