sexta-feira, 4 de março de 2011

Não me deixe

Não me deixe,
não quero ficar sozinha,
voltar pra vidinha que deixei de tão mesquinha.

Não quero perder meu brilho, meu calor, meu sabor,
para ser aquela tão apagada e vazia.

Não me deixe,
não quero viver num passado e olhar para trás,
por que hoje ele já não satisfaz.

Não quero viver de lembranças dos tempos de ser criança,
não quero jamais.
Quero sim uma novidade de vida, uma visão mais aplaudida de tempos sem dor.
Quero viver a verdade que encontrei na realidade UM GRANDE AMOR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário