quinta-feira, 31 de março de 2011

Distância cruel

separação é assim,
como duas luas num mesmo céu sem poderem se tocar,
cada uma num cato com suas beleza contidas, sem se aproximar.
A distância é algo mesmo cruel,
Puderas juntar o céu.
Cada um vê seu brilho mas não pode desfrutar do seu real valor.
é um olhar sem poder tocar,
é um querer sem desejar.
Que distância bandida,
que cada dia vem me infernizar.
Um dia quem sabe essa distância ainda vou matar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário