quarta-feira, 16 de março de 2011

(CANTARES 7;68)

Põe-me como selo sobre o teu

coração, como selo sobre o teu braço;
porque o amor é forte como a morte; o
ciúme é cruel como o Seol; a sua
chama é chama de fogo, verdadeira
labareda do Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário