quarta-feira, 16 de março de 2011

CANTARES 2;1113


Levanta-te, querida minha,
Formosa minha, e vem.
Porque eis que o inverno, cessou a chuva e se foi;
aparecem as flores na terra, chegou o tempo de cantarem as aves, e a voz da rola ouve-se em nossa terra.
A fiqueira começou a dar seus figos, e as vides em flor exalam o seu aroma;
levanta-te, querida minha,
formosa minha, e vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário