domingo, 27 de fevereiro de 2011

AINDA NÃO DESISTI

Ainda não desisti desse amor,
ainda quero viver o amor em plenitude,
quero a você pertencer.
Posso até me cansar e baboseira falar, porém não desisti de te encontrar.
Busco-lhe todos os dias, me irrito de te procurar,
 mas sei que quem sabe um dia ainda vou lhe achar.
Se eu não mais o fazer, posso de desilusão vir a morrer
por que AMOR eu quero a minha vida viver.



Um comentário: