segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

ESPERANÇA

DO SENTIMENTO ME ESCONDI
ACHANDO NÃO SER PRA MIM
O AMOR CRESCER.

TRANQUEI MEU CORAÇÃO
E CHOREI SEM RAZÃO
DEIXANDO MORRER.
HÁ! ESPERANÇA QUERIDA!
QUE ME ETERNIZA
TRAZ-ME DE VOLTA À VIDA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário